Pfizer busca autorização de uso de vacina para crianças menores de 5 anos

A Pfizer e a BioNTech começaram a apresentar dados após um pedido da FDA para endereçar uma necessidade urgente de saúde pública no grupo etário.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A Pfizer e a BioNTech estão testando uma dose de 3 microgramas da vacina no grupo etário abaixo de 5 anos (ilustrativa/banco de imagens)

A Pfizer e a BioNTech disseram na terça-feira (1º) que começaram a apresentar dados a reguladoras nos EUA buscando autorização de uso de emergência de sua vacina contra covid-19 para crianças menores de 5 anos, apesar de respostas imunes mais fracas do que o esperado em estudo clínico com o grupo etário entre 2 a 4 anos.

Publicidade

As companhias disseram que começaram a apresentação de dados após um pedido da Administração de Alimentos e Medicamentos dos EUA – FDA a fim de endereçar uma necessidade urgente de saúde pública no grupo etário.

A FDA disse que um comitê externo de especialistas se encontraria em 15 de fevereiro para discutir a autorização.

A Pfizer e a BioNTech estão testando uma dose de 3 microgramas da vacina no grupo etário, comparada com uma de 10 microgramas para crianças de 5 a 11 anos e 30 microgramas para idade igual ou acima de 12.

A autorização de uma vacina para crianças mais novas poderia ajudar pais preocupados os quais tiveram que manter quarentena e lidar com fechamento de pré-escolas e creches.

Fonte: Channel News Asia

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Tóquio atinge critério para declarar estado de emergência

Publicado em 2 de fevereiro de 2022, em Sociedade

Tóquio atingiu um dos critérios para pedido de declaração de emergência, mas autoridades ainda não planejam fazer o pedido.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem Ilustrativa

Segundo o governo de Tóquio, foram confirmados 14.445 casos de coronavírus na terça-feira (2), o maior número já registrado nesse dia da semana, e a taxa de ocupação de leitos foi de 50,7%. Foram registrados também 5 óbitos.

Publicidade

O critério divulgado pelas autoridades de Tóquio para pedido de declaração de estado de emergência era de 50%. Segundo o governo, caso esse número fosse atingido, as autoridades iriam analisar com especialistas o pedido da declaração.

Entretanto, em coletiva realizada na noite de terça-feira, a governadora Koike negou a possibilidade de um pedido. “É necessário analisar também as características da variante Omicron e como utilizaremos os leitos, além dos números de enfermos graves. Vamos ouvir as opiniões de especialistas para evitar a sobrecarga de hospitais tendo em vista a manutenção das atividades socio-econômicas para analisar (a necessidade do pedido).”, comentou.

A taxa de ocupação de leitos para pacientes em estado grave é de 5,5% atualmente, e os critérios do governo para a emissão do estado de emergência é de 37,2%. O primeiro-ministro Kishida havia comentado que não pensa em declarar estado de emergência no momento atual em coletiva na segunda-feira (31).

Fonte: FNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância