Biden alerta que Rússia pode usar armas químicas na Ucrânia

A afirmação da Rússia de que a Ucrânia tem armas biológicas e químicas é um ‘sinal claro’ de que Moscou está ponderando o uso de tais armamentos, disse Biden.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O presidente dos EUA, Joe Biden (banco de imagens)

O presidente dos EUA, Joe Biden, alertou na segunda-feira (21) que a afirmação da Rússia de que a Ucrânia tem armas químicas e biológicas é um “sinal claro” de que Moscou está ponderando o uso de tais armamentos em sua invasão em andamento no país vizinho.

Publicidade

“As costas de Vladimir Putin estão contra a parede e agora ele está falando sobre novas operações de bandeira falsa que ele está estabelecendo, incluindo afirmar que nós na América temos armas biológicas, assim como químicas, na Europa, o que simplesmente não é verdade”, disse Biden durante uma reunião com líderes de negócios.

“Eles também estão sugerindo que a Ucrânia tem armas biológicas e químicas no país. Isso é um sinal claro de que ele está considerando usar ambas”, acrescentou Biden.

A Rússia invadiu a Ucrânia em 24 de fevereiro, uma ação que a maioria dos países criticou como uma guerra não provocada e injustificada.

Moscou tem enfrentado resistência da Ucrânia, que está recebendo suporte financeiro e militar dos EUA, Europa e de outros países. As forças russas estão encontrando problemas de logística e tiveram outros “erros”, de acordo com o Pentágono.

Enquanto a Rússia sofre os impactos de sanções econômicas abrangentes dos EUA e de seus aliados, a administração de Biden alertou na segunda-feira sobre o potencial de Moscou para conduzir ciberataques sobre estruturas importantes nos EUA em retaliação.

Fonte: News and Culture

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Designer propõe novos logos para as empresas que deixaram a Rússia após o ataque a Ucrânia

Publicado em 22 de março de 2022, em Notícias do Mundo

Essa série de propostas é muito criativa e com senso de humor. Veja cada uma delas, como McDonald’s, com o slogan ‘I’m leavin’it’ ao invés de ‘I’m lovin’it’.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Uma parte das sugestões de logos para as empresas que deixaram a Rússia (@vkudinson)

Uma conta no Instagram, de um designer, dito viciado em Adobe, @vkudinson, tem uma série de propostas de novos logos e até slogans para as empresas que deixaram a Rússia após o ataque a Ucrânia, ou suspenderam suas atividades naquele país.

Publicidade

A palavra não em russo (Нет) se pronuncia niet. O designer a usou com y para a Netflix transformando em Nyetflix. Adidas se transformou em Adios, Spotify em Stopfy, Starbucks em Starbacks, Amazon em Amazoff ou FedEx em FedExit, tudo com um senso de estética e humor, inclusive para o logo da Disney

Para o cartão Visa, o slogan é Hasta La Visa ou Lefthansa para Lufthansa, ou eBay virou eBye. 

Mas a do McDonald’s supera: de eu amo passou a eu deixo (I’m leavin’it). 

Veja os posts ou assista ao vídeo criado pela @letsdigital_london, curta e compartilhe.

Fonte: @vkudinson 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância