Designer propõe novos logos para as empresas que deixaram a Rússia após o ataque a Ucrânia

Essa série de propostas é muito criativa e com senso de humor. Veja cada uma delas, como McDonald’s, com o slogan ‘I’m leavin’it’ ao invés de ‘I’m lovin’it’.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Uma parte das sugestões de logos para as empresas que deixaram a Rússia (@vkudinson)

Uma conta no Instagram, de um designer, dito viciado em Adobe, @vkudinson, tem uma série de propostas de novos logos e até slogans para as empresas que deixaram a Rússia após o ataque a Ucrânia, ou suspenderam suas atividades naquele país.

Publicidade

A palavra não em russo (Нет) se pronuncia niet. O designer a usou com y para a Netflix transformando em Nyetflix. Adidas se transformou em Adios, Spotify em Stopfy, Starbucks em Starbacks, Amazon em Amazoff ou FedEx em FedExit, tudo com um senso de estética e humor, inclusive para o logo da Disney

Para o cartão Visa, o slogan é Hasta La Visa ou Lefthansa para Lufthansa, ou eBay virou eBye. 

Mas a do McDonald’s supera: de eu amo passou a eu deixo (I’m leavin’it). 

Veja os posts ou assista ao vídeo criado pela @letsdigital_london, curta e compartilhe.

Fonte: @vkudinson 

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Veja qual é o país que foi nomeado o mais feliz do mundo para 2022

Publicado em 22 de março de 2022, em Notícias do Mundo

A Finlândia foi nomeada, pelo quinto ano consecutivo, o país mais feliz do mundo.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Helsinque, na Finlândia (banco de imagens)

A Finlândia foi nomeada o país mais feliz do mundo pelo quinto ano consecutivo, em um índice anual patrocinado pelas Nações Unidas que classificou o Afeganistão como o mais menos feliz, seguido de perto pelo Líbano.

Publicidade

A lista mais recente foi concluída antes da invasão russa da Ucrânia.

Bulgária, Romênia e Sérvia registraram os maiores aumentos no bem estar. As maiores quedas na tabela de felicidade mundial divulgada em 18 de março foram no Líbano, Venezuela e Afeganistão.

O Afeganistão, já em último na lista no ano passado, viu sua crise humanitária afundar ainda mais desde quando o Talibã retornou ao poder em agosto passado após a retirada das tropas dos EUA.

“Esse índice apresenta uma reflexão total do dano material e imaterial que a guerra faz para suas vítimas”, disse o coautor Jan-Emmanuel De Neve.

O relatório de felicidade mundial, agora em seu 10º ano, é baseado na própria avaliação das pessoas sobre suas felicidades, assim como dados sociais e econômicos. Ele atribui uma pontuação de felicidade em uma escala de 0 a 10, baseado em uma média de dados por 3 anos.

Europeus do norte, mais uma vez, dominaram lugares de topo – com Finlândia, Dinamarca, Islândia, Suíça e Holanda.

Assim como senso pessoal de bem estar, baseado em pesquisas de opinião Gallup em cada país, a pontuação de felicidade também leva em conta o PIB, suporte social, liberdade pessoal e níveis de corrupção.

“A lição do relatório de felicidade mundial ao longo dos anos é que o suporte social, generosidade um ao outro e honestidade no governo são cruciais para o bem estar”, escreveu o coautor do relatório, Jeffrey Sachs.

Na lista, o Brasil ficou em 38º lugar e o Japão na 54ª posição.

Fonte: The Guardian

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância