Companhia aérea australiana anuncia mais um voo ultralongo para os EUA

De Melbourne a Dallas em 17 horas: Qantas anuncia o mais recente voo ultralongo com destino aos EUA.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Aeronaves da Qantas (banco de imagens)

Como as viagens globais continuam a reabrir em 2022, em breve haverá uma outra adição à lista de “voos mais longos do mundo” – uma rota direta entre Melbourne, na Austrália, e o Aeroporto Internacional Dallas-Fort Worth operada pela Qantas.

Publicidade

A companhia aérea australiana, que tem o apelido de “canguru voador”, anunciou que a nova rota começará a operar em 2 de dezembro de 2022 e será atendida pela Boeing 787 Dreamliners.

Embora a Qantas ofereça vários voos de longa distância com destino aos EUA, essa é a primeira vez na história que uma companhia aérea comercial organizou uma jornada sem paradas entre Dallas e Melbourne.

A Austrália começou a reabrir suas fronteiras gradualmente a viajantes internacionais completamente vacinados em fevereiro.

Atualmente, o voo de passageiros mais longo do mundo é conduzido entre Singapura e o Aeroporto John F. Kennedy pela Singapore Airlines. Ele cobre aproximadamente 15.343 quilômetros e passa cerca de 18 horas no ar.

Fonte: CNN

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Apple cortará produção de iPhones e AirPods em meio à incerteza da guerra na Ucrânia

Publicado em 28 de março de 2022, em Notícias do Mundo

A guerra na Ucrânia está causando turbulência na rede de fornecimento e ameaçando a demanda para a indústria eletrônica de consumo.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Vários iPhones (ilustrativa/banco de imagens)

A Apple planeja fabricar cerca de 20% menos iPhones SE no próximo trimestre do que o originalmente planejado, em um dos primeiros sinais de que a guerra na Ucrânia e inflação ameaçadora começaram a prejudicar a demanda na indústria eletrônica do consumidor, disseram ao site Asia Nikkei fontes com conhecimento do assunto.

Publicidade

A empresa da maçã lançou o iPhone SE como seu primeiro telefone barato com capacidade 5G há menos de 3 semanas, mas agora está dizendo a vários fornecedores que ela visa reduzir os pedidos de produção em cerca de 2 milhões para 3 milhões de unidades no trimestre, citando demanda mais fraca do que a esperada, disseram quatro pessoas ao Asia Nikkei.

A gigante tecnológica dos EUA também reduziu pedidos para seus AirPods em mais de 10 milhões de unidades para todo o ano de 2022, visto que a companhia previu demanda branda e quis reduzir o nível de estoques.

Essas medidas pela compradora mais poderosa de chips e componentes do mundo destacam a pressão crescente sobre a indústria tecnológica após o início da guerra entre Rússia e Ucrânia.

Vários governos, desde EUA e União Europeia ao Japão, Coreia do Sul e Taiwan, impuseram sanções econômicas contra a Rússia por ter invadido a Ucrânia, e a rede de fornecimento foi prejudicada pela crise nos mercados de petróleo, energia e matérias-primas.

Os riscos de inflação se acrescentam ainda mais ao custo de vida das pessoas e criam preocupações sobre a demanda por produtos eletrônicos do consumidor.

Fonte: Asia Nikkei

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência