Máscara como medida preventiva: governo define como fica ao ar livre

O governo japonês expressou o pensamento de afrouxar o uso da máscara ao ar livre, sob algumas condições, e também em relação às crianças.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Mulher usando máscara (PixaHive)

Na noite de sexta-feira (20) o governo anunciou o seu pensamento em relação ao uso ou não da máscara como um dos itens de proteção

Publicidade

Shigeyuki Goto, o ministro da da Saúde, Trabalho e Bem-Estar do Japão (MHLW) manifestou que ao ar livre, com a devida distância de outras pessoas, não há necessidade de usá-la se não estiver conversando ou no caso de manter a distância. Em ambiente fechado mas bem ventilado, também se pode removê-la, mas a recomendação é recolocá-la quando for conversar.

No entanto, observou que é importante continuar a praticar todos os demais cuidados, inclusive manter uma distância de 2 metros de outra pessoa, ao ar livre.

Ministro Goto durante a coletiva de imprensa na noite de 6.ª feira (The Page)

Em relação às crianças com idade acima de 2 anos, para quem havia sido pedido o uso como medida preventiva da variante ômicron, disse que “não irá continuar solicitando, independente da distância”.

Além disso, do ponto de vista da prevenção da insolação no verão, recomenda-se removê-la quando quase não há conversa ao ar livre.

Para evitar o risco de insolação e hipertermia, as pessoas não precisarão usar a máscara quando estiver ao ar livre, exceto quando estiver acompanhada de algum idoso.

Lembrou que em relação às demais situações, deve continuar usando, pois ela ajuda a prevenir a infecção pelo coronavírus.

Em breve o MHLW irá preparar e distribuir folhetos para a população, com explicações detalhadas.

Fonte: NHK e The Page

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

McDonald’s encontra comprador para seus negócios na Rússia

Publicado em 20 de maio de 2022, em Notícias do Mundo

A McDonald’s não revelou o quanto foi pago, mas diz que espera ter aprovação das autoridades russas e concluir o negócio dentro de semanas.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Um restaurante da rede americana McDonald’s em Pskov, na Rússia (banco de imagens)

A rede de fast food dos EUA, a McDonald’s, diz que chegou a um acordo para vender todos os seus restaurantes na Rússia para um empresário local.

Publicidade

Alexander Govor, que atualmente opera 25 filiais da McDonald’s na Sibéria, comprará todos os restaurantes que a companhia tem no país e vai reformulá-los.

A companhia não revelou o quanto foi pago, mas diz que espera ter aprovação das autoridades russas e concluir o negócio dentro de semanas.

O anúncio feito na quinta-feira (19) ocorreu apenas 3 dias após a McDonald’s ter dito que sairia do mercado russo. Em março, a companhia fechou seus restaurantes em todo o país.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância