OMS pede aos países que aumentem vigilância contra a varíola dos macacos

O surto recente de monkeypox em países não endêmicos aumentou as preocupações.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

Cerca de 200 casos confirmados e mais de 100 suspeitos de varíola dos macacos (monkeypox) foram detectados até agora fora de países onde ela geralmente se espalha, disse uma funcionária da Organização Mundial da Saúde (OMS) na quinta-feira (26), pedindo que os países aumentem a vigilância contra a doença infecciosa.

Publicidade

A varíola dos macacos, uma infecção viral leve, é endêmica nos países africanos dos Camarões, República Centro-Africana, República Democrática do Congo e Nigéria.

O surto recente em países não endêmicos aumentou as preocupações. Acredita-se que a cepa circulando globalmente tenha uma taxa de morte de aproximadamente 1%, embora vacinas efetivas e tratamentos estejam disponíveis.

Falando durante uma coletiva de imprensa online, a epidemiologista sênior Maria Van Kerkhove disse que casos foram detectados até agora em mais de 20 países não endêmicos, acrescentando que a agência acredita que os números vão aumentar.

“Esperamos que mais casos sejam detectados. Estamos pedindo aos países que aumentem a vigilância. Isso é uma situação controlável. Será difícil, mas é uma situação controlável nos países não endêmicos”.

Fonte: Yomiuri

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Além da invasão da Ucrânia, russos teriam roubado quantidade gigantesca de grãos

Publicado em 27 de maio de 2022, em Notícias do Mundo

A Ucrânia, que está lutando contra a invasão da Rússia, ainda teria sofrido uma perda de grandes quantidades de grãos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Foto feita pelo satélite da Maxar mostra navio sendo carregado, em 19 deste mês (FNN)

As imagens de satélite capturaram grãos que parecem ter sido roubados da Ucrânia em um navio na Península da Crimeia.

Publicidade

A imagem de satélite foi tirada no dia 19 deste mês no porto de Sebastopol, na Península da Crimeia, no sul da Ucrânia e a oeste da Rússia.

Neste porto onde o exército russo está baseado, a CNN dos EUA e outros veículos de comunicação, relataram que uma tubulação foi conectada a uma edificação que parece ser um silo no lado direito da foto e os grãos foram carregados em um navio atracado.

Uma outra imagem de satélite semelhante foi tirada no dia 21, na qual se vê o navio russo sendo carregado.

No início deste mês, a mídia ucraniana informou que “as tropas russas estão roubando grandes quantidades de grãos e transportando para a Crimeia”, dos seus celeiros. 

O porta-voz presidencial da Rússia, Dmitry Sergeyevich Peskov, negou dizendo que é fake news.

Foto feita pelo satélite da Maxar em 21 deste mês (FNN)

Fonte: FNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância