Varíola dos macacos na Ásia: Singapura e Coreia do Sul reportam primeiros casos

Autoridades da saúde de Singapura e Coreia do Sul anunciaram casos confirmados ou suspeitos de varíola dos macacos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Tubo de amostra de sangue com resultado positivo para monkeypox, varíola dos macacos (ilustrativa/banco de imgens)

Singapura e Coreia do Sul acabam de reportar casos confirmados ou suspeitos de varíola dos macacos (monkeypox), de acordo com autoridades da saúde dos dois países, enquanto a doença viral continua se espalhando pelo mundo.

Publicidade

O Ministério da Saúde de Singapura disse no fim de terça-feira (21) que o país havia confirmado um caso importado de varíola dos macacos, o primeiro reportado no Sudeste Asiático durante o surto deste ano da doença viral.

O paciente, que testou positivo em 20 de junho, é um inglês de 42 anos que trabalha como comissário de bordo e havia viajado de e para Singapura em meados de junho, disse o ministério em uma declaração.

Sua condição é estável e ele está em uma ala do Centro Nacional para Doenças Infecciosas de Singapura, disse o ministério.

Treze contatos próximos do homem foram identificados desde a terça-feira, e todos serão colocados em quarentena por 21 dias desde o último contato com o infectado, acrescentou a declaração.

O último caso de varíola dos macacos detectado em Singapura foi há 3 anos.

A Coreia do Sul disse nesta quarta-feira (22) que os primeiros dois casos suspeitos da doença foram reportados no país, acrescentando que testes de diagnóstico estavam sendo conduzidos e autoridades da saúde realizarão uma coletiva de imprensa assim que os exames forem concluídos.

Uma das pessoas com varíola dos macacos suspeita, um cidadão estrangeiro que teria apresentado sintomas em potencial desde domingo (19), entrou no país na segunda-feira (20) e atualmente está sob tratamento em um leito isolado de um hospital na cidade de Busan.

A outra pessoa, um cidadão sul-coreano que apresentou sintomas quanto entrou no país vindo da Alemanha na tarde de terça-feira, deu entrada no Centro Médico de Incheon.

Fonte: CGTN

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Terremoto no Afeganistão: pelo menos 920 mortos e 600 feridos, dizem autoridades

Publicado em 22 de junho de 2022, em Notícias do Mundo

O epicentro do terremoto foi registrado a uma profundidade de 10Km, de acordo com a USGS.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O Afeganistão é propenso a terremotos, visto que ele fica em uma região tectonicamente ativa (USGS)

Atualização às 19h33 de quarta-feira (22) ⇓⇓⇓

Publicidade

Um forte terremoto matou pelo menos 920 pessoas e deixou centenas de outras feridas no Afeganistão, dizem autoridades do Talibã.

Imagens mostram deslizamentos e casas feitas de barro em ruínas na província de Paktika, no leste do país, onde equipes de resgate estão correndo contra o tempo para tratar os feridos.

Em áreas remotas, helicópteros estavam transportando as vítimas para os hospitais.

O líder do Talibã, Hibatullah Akhundzada, disse que centenas de casas foram destruídas e o número de mortos provavelmente vai aumentar.

O vice-ministro para gestão de desastres, Sharafuddin Muslim, disse em uma coletiva de imprensa que pelo menos 920 pessoas haviam morrido e outras 600 ficaram feridas.

O terremoto ocorreu a cerca de 44Km da cidade de Khost no sudeste do Afeganistão depois da 1h30 (hora local) de quarta-feira (22), quando muitas pessoas estavam em casa, dormindo.

Terremotos tendem a causar danos significativos no Afeganistão, onde há muitas áreas rurais com casas que são instáveis ou precariamente construídas.

Tremores também foram sentidos no Paquistão e na Índia.

O Afeganistão é propenso a terremotos, visto que ele fica em uma região tectonicamente ativa, sobre várias falhas geográficas incluindo as de Chaman, Hari Rud, Central Badakhshan e Darvaz.

Segundo o Serviço Geológico dos EUA (USGS), a magnitude do terremoto foi de 5,9 a uma profundidade de 10Km.

Em um tuíte nesta quarta-feira, a Organização Mundial da Saúde disse que suas equipes estavam em solo para resposta de emergência, incluindo para fornecer medicamentos, serviço de traumatologia e condução de avaliações necessárias.

Fonte: CNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância