Casos de sífilis continuam aumentando no Japão

Se os casos continuarem aumentando no ritmo atual, o total para este ano poderia passar de 10 mil pela primeira vez desde 1999.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Patógeno da sífilis em 3D (ilustrativa/banco de imagens)

Casos de sífilis estão aumentando no Japão no ritmo mais rápido em mais de duas décadas.

Publicidade

A sífilis é uma infecção bacteriana que é transmitida principalmente através de contato sexual. Ela tem cura, mas se não for tratada, pode causar sintomas graves no cérebro ou coração. Se uma grávida estiver infectada, seu bebê pode nascer com anormalidades.

O Instituto Nacional de Doenças Infecciosas do Japão (NIID) diz que 6.106 casos de sífilis foram reportados no país de janeiro a 17 de julho.

O número é 1.7 vez maior do que o reportado no mesmo período do ano passado.

A média anual era de cerca de 6.600 para o período de 5 anos até 2021.

Se os casos continuarem aumentando no ritmo atual, o total para este ano poderia passar de 10 mil pela primeira vez desde 1999, quando o NIID começou a manter os registros.

Tóquio reportou 1.796 casos desde 17 de julho, Osaka registrou 773 e Aichi 345.

Katsumi Shigemura é o responsável pelas medidas contra sífilis na Sociedade Japonesa para Infecções Sexualmente Transmissíveis. Ele enfatiza que é importante usar camisinha para prevenir infecção.

Ele pede às pessoas que realizem testes se desconfiarem que possam estar infectadas, visto que o tratamento precoce é fundamental.

Fonte: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Fabricantes de pneus no Japão aumentam preços novamente

Publicado em 28 de julho de 2022, em Sociedade

Os preços estão aumentando pela segunda vez neste ano, enquanto a invasão da Rússia à Ucrânia fez disparar os custos de matéria-prima.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

As fabricantes de pneus culpam os custos em alta de matérias-primas (NHK)

Fabricantes de pneus no Japão estão aumentando os preços de seus produtos pela segunda vez neste ano, enquanto a invasão da Rússia à Ucrânia fez disparar os custos de matéria-prima.

Publicidade

A líder da indústria, a Bridgestone, aumentará os preços de produtos, incluindo pneus de verão e inverno para carros de passageiros, em 3 a 8 por cento. Os aumentos começarão a partir de setembro.

Essa é a primeira vez em 14 anos que a companhia aumenta preços de fábrica duas vezes no ano. Os aumentos anteriores ocorreram em abril.

A Sumitomo Rubber, a Yokohama Rubber e Michelin também aumentarão os preços pela segunda vez em 2022, dessa vez em até 8 por cento.

A Sumitomo começará a cobrar mais a partir de setembro, enquanto a Yokohama e a Michelin farão isso a partir de outubro.

Enquanto isso, a Toyo Tire aumentará os preços em até 10 por cento com início em janeiro. A medida virá 1 ano após seu último aumento.

As companhias culpam os custos em alta de matérias-primas como petróleo bruto e nafta, que é usada para fabricar borracha sintética. Elas dizem que estão impedidas de absorver esses aumentos através de outros esforços de cortes de custos.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência