Companhia aérea escandinava entra com pedido de falência nos EUA

A SAS foi duramente afetada pela pandemia de coronavírus com a queda na demanda por voos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Um avião da SAS (banco de imagens)

A grande companhia aérea escandinava SAS entrou com pedido de falência nos EUA. Ela foi duramente afetada pela pandemia de coronavírus com a queda na demanda por voos.

Publicidade

A SAS anunciou na terça-feira (5) que entrou com o pedido de proteção de falência com base no Capítulo 11 junto a um tribunal nos EUA.

A gestão da companhia diz que muitas aéreas tiveram êxito em reestruturar suas operações sob o Capítulo 11.

“Quero enfatizar que estamos completamente comprometidos em tornar esse processo o mais perfeito que podemos, em primeiro lugar para nossos clientes”, disse o presidente e CEO da SAS, Anko van der Werff, em uma coletiva de imprensa. Ele acrescentou que e a empresa continuará voando durante o processo do Capítulo 11.

Funcionários da SAS disseram que não haverá mudanças nos cronogramas de voos.

A SAS tentou mudar de atitude em torno de sua saúde financeira ao reduzir sua força de trabalho e eliminando grandes empréstimos.

Contudo, a companhia aérea falhou em pagar dívidas no prazo. Uma greve de pilotos nesta semana em oposição a cortes salariais se somou aos problemas.

Os grandes acionistas da SAS são os governos da Suécia e Dinamarca.

Fonte: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Depois de 5 semanas, preço do litro da gasolina baixa levemente

Publicado em 6 de julho de 2022, em Sociedade

O governo anunciou que vai aumentar o valor do subsídio para não onerar o bolso do consumidor.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Bombas do post self service (JNN)

Segundo a informação divulgada às 14h de quarta-feira (6), pela Agência dos Recursos Naturais e Energia do Japão (Enecho), os preços dos combustíveis tiveram uma queda depois de 5 semanas.

Publicidade

De acordo com os levantamentos concluídos na segunda-feira (4), o preço médio do litro da gasolina comum caiu para 173,60 ienes.

O preço da gasolina na próxima semana deverá ser de 214,60 ienes sem o subsídio. Por isso, o governo planeja aumentá-lo para 40,80 ienes o litro a partir de quinta-feira (6) até 13.

Gasolina 30 a 40 ienes mais cara que em Saitama

Posto de gasolina em Iriomote, na quarta-feira (NHK)

Na ilha de Iriomote, pertencente a Taketomi-cho (Okinawa), apesar da queda de 5 ienes, o litro da gasolina comum custa ¥208. “Com 2 mil ienes não consigo abastecer 10 litros”, lamentou um residente para a NHK.

“Pela primeira vez estou pagando mais de ¥200 pelo combustível. Está 30 a 40 ienes mais caro que em Saitama”, disse um turista que estava abastecendo o carro na ilha.

Fontes: Enecho, JNN e NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência