Número de mortes por insolação em junho foi o maior desde 2010

O calor que chega a ser perigoso, depois da estação chuvosa, foi a causa de milhares de pessoas socorridas pelas ambulâncias, inclusive das mortes.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem ilustrativa de ambulância (Flickr)

Após a estação chuvosa, excepcionalmente rápida, no mês passado, quando foi constatado calor recorde, 15.657 pessoas foram levadas ao hospital devido à insolação e 17 morreram. O número de óbitos em um mês foi o maior desde 2010, quando começaram as estatísticas.  

Publicidade

Em 25 de junho, a cidade de Isesaki (Gunma) teve temperatura máxima de 40,2 graus Celsius, recorde no mês de junho. O calor perigoso perdurou durante dias em junho, como também acontece em julho.

Olhando para os sintomas em junho:

  • 5.695 pacientes em estado grave e moderado que precisaram ser hospitalizados
  • 8.480 com sintomas leves

Em relação à idade:

  • 8.179 têm acima de 65 anos
  • 4.815 de 18 a 65 anos
  • 1.248 de 7 a 18 anos
  • 110 de 0 a 7 anos

Em relação aos locais com maior incidência, foram 6.343 em casa, 2.566 nas calçadas e 1.488 nos locais de trabalho, como em obras.

Segundo a Agência de Gestão de Incêndios e Desastres do Ministério de Assuntos Internos e Comunicações, só na semana de 27 de junho a 3 de julho, 14.353 pessoas foram levadas ao hospital por insolação, um aumento de 9.802 em relação à semana anterior, e 27 pessoas morreram.

De acordo com a Agência de Meteorologia do Japão (AMJ), estima que a temperatura continue acima do normal em julho em todo o país, por isso, recomenda todas as medidas para evitar a insolação e a hipertermia, com hidratação diligente e uso do ar condicionado, inclusive a noite.

Fonte: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Terremoto de intensidade 4 abala Iwate e Miyagi

Publicado em 6 de julho de 2022, em Tempo

Antes do amanhecer de quarta-feira ocorreu um terremoto na região Tohoku.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O X indica o epicentro e em amarelo as cidades de Iwate e Miyagi com abalo de intensidade 4 (AMJ)

Segundo informação da Agência de Meteorologia do Japão (AMJ), ocorreu um terremoto de magnitude 5,4 na costa da província de Miyagi, às 5h10 de quarta-feira (6).

Publicidade

O terremoto foi a uma profundidade de 60 quilômetros e não gerou alerta de tsunami.

Na província de Iwate, 3 cidades tiveram abalo de intensidade 4: Sumita, Kitakami e Ichinoseki. 

Já na província de Miyagi, várias cidades tiveram tremor de intensidade 4: Tome, Kurihara, Osaki, Wakuya, Minamisanriku, Natori; Wakabayashi-ku, Izumi-ku e Miyagino-ku na cidade de Sendai; Ishinomaki, Higashi Matsushima e Matsushima.

Abalos de intensidade 3 foram sentidos nas províncias de Iwate, Miyagi, Akita, Yamagata e Fukushima.

Até as 8h não havia relato de danos humanos e materiais.

Fontes: AMJ e Tenki

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência