Pescador de Hamamatsu é encontrado morto no rio em Gifu

Ele foi pescar ayu, mas com a cheia do rio por causa da chuva, foi levado e no dia seguinte os policiais o encontraram morto.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Rio Nagara na quarta-feira (Nagoya TV)

Segundo informações da polícia, um homem que estava sendo procurado foi encontrado morto na quarta-feira (13), encostado em uma rocha, a 900 metros de onde desapareceu, no Rio Nagara (Nagaragawa).

Publicidade

Sob a chuva, por volta das 8h de terça-feira (12), policiais e bombeiros viram um homem pescando dentro do rio, em Hachiman-cho Shimadani, cidade de Gujo (Gifu) e tentaram reitrá-lo, mas foi levado pela correnteza, por isso, foi iniciada a busca.

Foi identificado como 井口敬, 57, japonês, assalariado, residente em Hamamatsu (Shizuoka).

Ele tinha ido para o local desde segunda-feira (11) para a pesca do ayu ou chamado de peixe doce. Nessa ocasião, a profundidade era de 1,16 metro, mas o nível da água subiu muito por causa das chuvas.  

O resultado da autópsia médico-legal indicou que a causa da morte foi por afogamento.

A polícia recomenda não entrar em um rio com enchente e o uso do colete salva-vidas.  

Fontes: Nagoya TV e NHK 

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Filme ‘Muito Prazer’ estreia em Tóquio: atores brasileiros e sul-coreano

Publicado em 14 de julho de 2022, em Lançamentos

O filme aborda o bullying sofrido por uma estudante brasileira e o enredo se desenrola para um entendimento mútuo. Veja o trailer.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A protagonista brasileira (reprodução)

Tanto o roteiro quanto a direção e edição são de Masakazu Park, o qual mostra o bullying sofrido por uma estudante brasileira na escola japonesa. A aluna Amanda, então, decide voltar para a escola nipo-brasileira em Ibaraki.

Publicidade

Os alunos brasileiros recebem a visita do professor Kanemoto, com raiva, por causa do ijime.

À esq. o pôster de divulgação do filme e à dir. o roteirista e diretor (reprodução)

Os atores são todos estudantes, japoneses, sul-coreano (鄭順栄) e brasileiros: Debora Barbosa Eguchi, Rodrigo Sato, Amanda Suzuki, Hiroshi Suzuki, Gustavo Destro, Rafael Suzuki Navand e Tayna Nilufar. E contou também com a tradução do português para japonês da Ana Uchiyama.

O filme é carregado de emoções, ilustrando essa questão do bullying e das discussões entre os estudantes que levam ao caminho para um entendimento mútuo.

O filme será exibido entre 27 de agosto e 2 de setembro no Cinema Rosa de Ikebukuro (toque aqui para abrir o mapa).

Assista ao trailer do filme.

Fonte: divulgação 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência