Cerca de 900 manifestam contra o funeral de Abe

A comissão organizadora protestou contra a cerimônia a ser realizada na terça-feira, para Shinzo Abe, e quase mil pessoas fizeram passeata.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Comício de protesto contra o funeral de estado (Mainichi)

Na noite de segunda-feira (26), véspera do funeral de estado do ex-premiê Shinzo Abe, foi realizada uma manifestação contra essa solenidade no Parque Nakanoshima, em Kita-ku, cidade de Osaka (província homônima).

Publicidade

Organizado pelo grupo de cidadãos Comitê Executivo da Ação Osaka Sougakari, participaram cerca de 900 pessoas. Inicialmente assistiram a um comício de protesto e depois os participantes marcharam cerca de 1,5 quilômetro até o Parque Nishi-Umeda, segurando cartazes e faixas com palavras como “Contra o funeral de estado”.

No comício, o advogado Ryutaro Nakakita, do comitê executivo, protestou contra essa cerimônia fúnebre afirmando: “Não há base legal para esse funeral de estado e, ao forçar as pessoas a lamentar, estamos infringindo a liberdade de pensamento e consciência garantida pela Constituição”.

Abe revisou a Lei de Trabalhadores Haken para aumentar o emprego não regular, o que alargou o problema da disparidade. É ultrajante que o governo decida unilateralmente sobre um funeral de estado apesar do fato de que a opinião pública está dividida”, disse uma pessoa que estava no comício.

Das 14h às 15h de terça-feira (27) há uma programação no funeral de estado para cantar o Hino Nacional, fazer o minuto de silêncio e outras cerimônias, mas parte das instituições do país, como escolas e órgãos públicos não pretende obrigar que todos o façam.

Manifestantes seguem em passeata (Mainichi)

Fontes: Mainichi e Yomiuri

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Rússia expulsa diplomata japonês acusado de espionagem

Publicado em 27 de setembro de 2022, em Notícias do Mundo

O Ministério de Relações Exteriores da Rússia disse que o diplomata foi ordenado a deixar o país dentro de 48 horas.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A Rússia considera o Japão um país ‘hostil’ (banco de imagens)

A Rússia disse na segunda-feira (26) que havia detido um diplomata japonês na cidade de Vladivostok, no leste do país, por realizar trabalho relacionado a espionagem e o declarou pessoa “não bem-vinda”, divulgaram agências de notícias.

Publicidade

“Um diplomata japonês foi detido em flagrante enquanto recebia informação classificada, em troca de dinheiro, sobre a cooperação da Rússia com outro país na região Ásia-Pacífico”, disse o serviço de segurança FSB em uma declaração, divulgada por agências de notícias russas.

O diplomata também vinha solicitando informações sobre “o impacto de sanções ocidentais” sobre a região de Primorsky, no leste do país.

O Ministério de Relações Exteriores da Rússia disse que o diplomata foi ordenado a deixar o país dentro de 48 horas.

O FSB disse que havia protestado junto a Tóquio através de canais diplomáticos e declarou o diplomata identificado como cônsul-geral em Vladivostok, Motoki Tatsunori, persona non grata, divulgaram as agências de notícias.

O serviço de segurança russo distribuiu um vídeo curto o qual ele disse que mostrava o diplomata reconhecendo que havia violado as leis russas.

A Rússia considera o Japão um país “hostil”, uma designação que ela compartilha com todos os países da União Europeia, EUA e aliados, incluindo Reino Unido e Austrália.

Fonte: Channel News Asia

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância