Medicamento para Alzheimer da Eisai mostra resultados positivos em testes finais

A Eisai vem desenvolvendo o medicamento, chamado de lecanemab, juntamente com a Biogen, farmacêutica dos EUA.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A Eisai vem desenvolvendo o lecanemab juntamente com a Biogen, farmacêutica dos EUA (NHK)

A farmacêutica japonesa Eisai diz que seu medicamento candidato destinado a reduzir a evolução da doença de Alzheimer mostrou resultados positivos em ensaios clínicos globais de fase final.

Publicidade

Ela acrescenta que visa solicitar aprovação do medicamento nos EUA, Japão e Europa até o fim de março do ano que vem.

A Eisai vem desenvolvendo o medicamento, chamado de lecanemab, juntamente com a Biogen, farmacêutica dos EUA.

A companhia começou o teste clínico em março de 2019 no Japão, EUA, Europa e em outros lugares com aproximadamente 1,8 mil pessoas no total. Os indivíduos do teste eram pacientes com comprometimento cognitivo leve, que é um pré-estágio da Alzheimer, e pacientes nos estágios iniciais da doença.

Eles receberam lecanemab ou placebo uma vez a cada duas semanas. Médicos e outros profissionais da saúde avaliaram mudanças no cognitivo e outras funções dos pacientes.

A Eisai disse que nos 18 meses desde o início do ensaio, o declínio cognitivo e funcional foi reduzido em 27% no grupo administrado com o medicamento, comparado com aquele que recebeu placebo.

O medicamento é um anticorpo para a doença. Ele elimina a beta amiloide, uma proteína anormal a qual médicos acreditam que pode se acumular no cérebro de pacientes com a doença de Alzheimer, ao se vincular à proteína. Isso previne que células nervosas se quebrem e trabalha para reduzir a evolução da doença.

A companhia planeja reportar os resultados detalhados de testes em uma conferência acadêmica sobre demência programada para novembro nos EUA.

Fonte: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Apple abandona planos de aumentar produção de iPhones

Publicado em 28 de setembro de 2022, em Notícias do Mundo

A Apple está abandonando planos para impulsionar a produção de seus novos iPhones neste ano após um aumento antecipado na demanda ter falhado em se materializar.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Um iPhone 14 Pro (banco d eimagens)

A Apple está recuando em planos para impulsionar a produção de seus novos iPhones neste ano após um aumento antecipado na demanda ter falhado em se materializar, segundo pessoas com conhecimento do assunto.

Publicidade

A empresa da maçã disse aos seus fornecedores que recuassem esforços para aumentar a montagem do iPhone 14 em 6 milhões de unidades no segundo semestre deste ano, disseram as pessoas.

Ao invés disso, a companhia visará produzir 90 milhões de smartphones para o período, cerca do mesmo nível no ano anterior e em linha com a previsão original da Apple neste verão, disseram as pessoas.

A China, o maior mercado de smartphones do mundo, enfrenta uma crise econômica que afeta suas fabricantes domésticas de dispositivos móveis e também as vendas de iPhones.

A demanda global por equipamentos eletrônicos pessoais também foi suprimida pelo aumento da inflação, temores de recessão e interrupções causadas pela guerra na Ucrânia.

O mercado de smartphones deve encolher em 6,5% neste ano para 1,27 bilhão de unidades, de acordo com dados do rastreador de mercado IDC.

Fonte: Bloomberg

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância