Profissionais japoneses buscam trabalho no exterior para ganhar mais

Determinadas profissões permitem que as pessoas saiam do Japão para ganhar muito mais no exterior. A bola da vez parece ser Austrália, não só para japoneses.

Imagem ilustrativa da Austrália (Wikimedia)

Ao fazer uma rápida busca em sites japoneses de recrutamento de sushi chef ou chef de cozinha japonesa, o salário anual é de cerca de 4 milhões de ienes no Japão, enquanto na Austrália esses profissionais podem ganhar o equivalente a 5,5 a 8,3 milhões de ienes (de 60 a 90 mil dólares australianos).

Publicidade

Na verdade, os chefs de sushi não são os únicos que podem ganhar altos salários no exterior.

Um engenheiro de TI pode chegar a um salário anual equivalente a 10,2 milhões, o profissional de vendas poderá chegar a 8,4 milhões, um consultor poderá obter 10,4 milhões na Austrália, enquanto no Japão ganham bem menos. Por isso, o exterior está sendo atrativo para quem tem experiência e fala o idioma inglês.

Não quero mais trabalhar no Japão

A Austrália é um país quente nas buscas na internet por poder ganhar muito mais dinheiro em um curto período de tempo. Três anos atrás, Shonaru, 32, se mudou para lá usando o visto chamado de working holiday. Depois, mudou de visto e está trabalhando em uma fábrica de processamento de metais. A renda mensal no Japão era de 250 mil ienes, mas lá ganha o equivalente a 800 mil ienes

Ele explicou que sua jornada começa às 6h e quando sai no horário previsto, às 14h30, tem tempo para sair com os amigos e também dirigir 30 minutos e já está na praia. “Sinceramente, não quero mais trabalhar no Japão”, disse.

Cédulas de 50 dólares australianos (Pexels)

Explicou que no Japão todo mundo prioriza o trabalho e seu padrão de vida era mais ou menos. “Você dobra o valor que pode ganhar e dobrar o custo de vida, mas ainda dá para economizar o dobro”, explicou. Segundo ele, o custo de vida na Austrália não é muito diferente do Japão, por isso, é um bom país para viver e trabalhar.

Nos EUA o custo de vida aumentou muito

Um carpinteiro japonês que tem um canal no YouTube falou para a reportagem da ANN que o custo de vida vem subindo muito em Nova Iorque, nos EUA. “Chega a 4 mil dólares, o equivalente a 560 mil ienes”, o que afeta seu bolso.

Os aumentos de preço no Japão não chegam nem aos pés do que vem acontecendo nos EUA. Ele recomenda tomar cuidado com os anúncios que prometem 50 dólares a hora ou salários anuais equivalentes a 10 a 20 milhões de ienes.

Estátua da Liberdade nos EUA (RawPixels)

“Como sou aprendiz agora, meu salário vai aumentar daqui para frente, e os 17 dólares por hora aumentarão para 37 dólares daqui a cinco anos”, explicou. Estima que o custo de vida deverá continuar subindo por lá, mas pensa que poderá superar isso. 

Ele confessou que não pensa em voltar para o Japão, pensando a longo prazo, pois na sua terra natal o salário não tem grandes aumentos durante os 30 anos de trabalho. Mas, nos EUA sabe que sim. 

Mesmo sabendo que a questão do seguro saúde é bem mais fácil e menos oneroso no Japão, e que nos EUA é muito caro, por isso muita gente não o tem, ainda prefere ficar por lá.

Não só japoneses, mas outros estrangeiros também querem ir para Austrália

Nobuo Kubota, um escritor de não-ficção, disse que “ao fazer entrevistas vejo que há cada vez mais pessoas que querem tentar a vida no exterior. Os vietnamitas que vêm ao Japão para trabalhar estão dizendo que está ficando um pouco difícil trabalhar aqui. Estão se mudando para a Coreia do Sul e Austrália. É um pouco exagerado dizer que estamos sendo abandonados, mas acho que é natural que os jovens saiam do Japão“.

Além disso, a Austrália está convidando os estrangeiros que queiram trabalhar também na agricultura. Assinou um contrato com o Vietnã e desde setembro o país está enviando pessoal para lá. 

A Austrália garante um salário mínimo de 25,41 dólares australianos, por hora, equivalentes a ¥2.333, para colher frutas, fazer empacotamento, ajudar no plantio e na poda; para dirigir, inclusive colheitadeira, entre outros.    

Na Austrália o salário mínimo geral é de AUD $21,38 (¥1.960) a hora ou AUD $812,60 (¥74,4 mil) por semana para carga horária de 38 horas. Traduzindo, equivalem a ¥297.920 mensais no Japão.

“A indústria de serviços no Japão paga salários particularmente baixos, o que sobrecarrega os trabalhadores. Se os salários forem baixos, a satisfação que podemos oferecer também será baixa”, analisou o escritor.

Veja a tabela dos salários mínimos por província, em vigor em outubro de 2022, válido até 30 de setembro de 2023.

Fontes: ANN e AWU

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Explosões atingem Kiev após Putin acusar Ucrânia de terrorismo

Publicado em 10 de outubro de 2022, em Notícias do Mundo

Explosões atingiram a capital ucraniana na manhã desta segunda-feira (10) após meses de calma relativa na área.

Imagens de vídeo publicado pelo presidente Volodymyr Zelensky em seu perfil oficial no Facebook

Várias pessoas teriam morrido e ficado feridas após a capital da Ucrânia, Kiev, ter sido bombardeada em um suspeito ataque de “revanche” da Rússia.

Publicidade

Explosões atingiram a capital ucraniana na manhã desta segunda-feira (10) após meses de calma relativa na área.

Os locais visados parecem ser mais centrais do que antes, com explosões reportadas no distrito de Shevchenko da cidade, que inclui a vila histórica, assim como vários escritórios do governo.

A nova devastação ocorreu horas após Vladimir Putin ter acusado a Ucrânia de um “ato de terrorismo” pela explosão na Ponte Kerch, que conecta a Rússia com a Crimeia.

“Não há dúvida que foi um ato terrorista direcionado na destruição de infraestrutura civil criticamente importante”, disse o líder russo.

“Isso foi pensado, realizado e ordenado pelos serviços especiais ucranianos”.

Autoridades na Ucrânia não indicaram que suas forças estavam por trás do ataque, enquanto um conselheiro do presidente Volodymyr Zelensky negou a alegação.

Uma jovem estava gravando uma mensagem em vídeo na cidade de Kiev e de repente ouve-se a explosão:

 

Fonte: The Metro UK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros