Nagashima Farm: novo point das oliveiras em Mie

A fazenda de oliveiras tem uma de 2 mil anos. Veja como essa milenar oliveira foi parar lá.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Oliveira de 2 mil anos, símbolo da Nagashima Farm (CTV)

A empresa operadora Nagashima Resort inaugurou uma loja dentro da Nagashima Farm, em Kuwana (Mie), ao lado dos famosos complexos do mesmo nome como o parque, as águas termais e também o Nabana no Sato.

Publicidade

Esse local já é conhecido do público pelo agroturismo, pois se pode colher os morangos e saboreá-los no local. Agora, ganhou novas atrações.

Corte de fitas da Nagashima Farm (Ise Shimbun)

A cerimônia com corte de fitas foi realizada na quinta-feira (10), com abertura para o público a partir de sexta-feira (11). Nessa ocasião foi exibida uma extraordinária oliveira, de 4 metros de altura, 5,8 metros de diâmetro do tronco e idade de 2 mil anos. 

Mas, 2 mil anos atrás havia oliveira no Japão? A resposta é não. Essa oliveira milenar foi trazida da Cataluña, nordeste da Espanha, em 2020, especialmente para torná-la símbolo da fazenda. E ela se adaptou bem porque o índice pluviométrico das duas cidades é basicamente o mesmo e o clima também é semelhante. 

A operadora investiu 830 milhões de ienes na fazenda de 5,8 hectares, a poucos minutos de carro do Nagashima Resort. São cultivadas 1,8 mil oliveiras, das quais se extrai um rico azeite e outros alimentos preparados com esse óleo e a azeitona, além de utensílios domésticos feitos com o tronco da árvore frutífera típica do Mediterrâneo.

Alguns dos produtos como azeite de oliva e outros derivados das oliveiras (CTV)

Foi apresentada uma loja dentro da Nagashima Farm e um lagar de azeite que poderão ser visitados e, no futuro, os visitantes poderão experimentar a colheita da azeitona.

A intenção é transformar Kuwana como a cidade das azeitonas e do azeite de oliva. Quando for ao Nagashima Park, no outlet ou Nabana no Sato, que tal dar um pulinho para comprar e experimentar coisas deliciosas? Tem até soft cream com pó das folhas de oliveiras. 

Para verificar como chegar, toque aqui.

Fontes: CTV, Chunichi e Ise Shimbun

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Mais um caso de gripe aviária no Japão, desta vez em um parque temático

Publicado em 11 de novembro de 2022, em Sociedade

A gripe aviária foi confirmada depois da morte de patos e, por isso, 63 aves serão sacrificadas no total.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem meramente ilustrativa de pato (PDP)

O governo da província de Wakayama anunciou na sexta-feira (11) que 6 patos do parque temático Adventure World, na cidade de Shirahama, morreram no dia anterior e eram suspeitos de terem sido infectados por uma gripe aviária altamente patogênica.

Publicidade

O resultado do teste genético confirmou a suspeita e de que se trata do subtipo do H5. O governo da província e o parque decidiram sacrificar 63 aves criadas no parque. 

Após as 9h foram iniciados os trabalhos com base nas diretrizes de quarentena da Lei de Controle de Doenças Infecciosas de Animais Domésticos.

A informação é de que 6 patos morreram, mas serão sacrificados outros 29, mais 13 gansos, 1 avestruz e 14 emas, portanto, o total é de 63 aves. Depois disso, todas as aves serão incineradas.

A administração do parque Adventure World decidiu fechar temporariamente na sexta-feira e decidirá com os governos da província e da cidade quando reabrir após o dia 12, quando a incineração e a desinfecção serão concluídas, pois a previsão é de concluir até sábado.

Cerca de 850 aves de um total de 44 espécies são criadas em todo o parque. Com base nessa lei, a meta de sacrificar é limitada a essas aves mencionadas.

De acordo com o zoológico, as aves afetadas foram colocadas em quarentena a partir do dia 4 porque foram confirmados casos de gripe aviária no Japão. Também foram tomadas medidas para não entrarem em contato com os visitantes.

Esse foi o terceiro caso de gripe aviária no Japão, pois o anterior foi em Ibaraki e o primeiro em Okayama.

Fontes: Mainichi e NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância