Mais um caso de gripe aviária no Japão, desta vez em um parque temático

A gripe aviária foi confirmada depois da morte de patos e, por isso, 63 aves serão sacrificadas no total.

Imagem meramente ilustrativa de pato (PDP)

O governo da província de Wakayama anunciou na sexta-feira (11) que 6 patos do parque temático Adventure World, na cidade de Shirahama, morreram no dia anterior e eram suspeitos de terem sido infectados por uma gripe aviária altamente patogênica.

Publicidade

O resultado do teste genético confirmou a suspeita e de que se trata do subtipo do H5. O governo da província e o parque decidiram sacrificar 63 aves criadas no parque. 

Após as 9h foram iniciados os trabalhos com base nas diretrizes de quarentena da Lei de Controle de Doenças Infecciosas de Animais Domésticos.

A informação é de que 6 patos morreram, mas serão sacrificados outros 29, mais 13 gansos, 1 avestruz e 14 emas, portanto, o total é de 63 aves. Depois disso, todas as aves serão incineradas.

A administração do parque Adventure World decidiu fechar temporariamente na sexta-feira e decidirá com os governos da província e da cidade quando reabrir após o dia 12, quando a incineração e a desinfecção serão concluídas, pois a previsão é de concluir até sábado.

Cerca de 850 aves de um total de 44 espécies são criadas em todo o parque. Com base nessa lei, a meta de sacrificar é limitada a essas aves mencionadas.

De acordo com o zoológico, as aves afetadas foram colocadas em quarentena a partir do dia 4 porque foram confirmados casos de gripe aviária no Japão. Também foram tomadas medidas para não entrarem em contato com os visitantes.

Esse foi o terceiro caso de gripe aviária no Japão, pois o anterior foi em Ibaraki e o primeiro em Okayama.

Fontes: Mainichi e NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Youtuber tailandesa é detida por fazer vídeo comendo morcego inteiro

Publicado em 11 de novembro de 2022, em Ásia

De acordo com alguns especialistas, morcegos carregam mais de 10 mil vírus que poderiam ser transmitidos aos humanos e iniciar uma outra pandemia.

Phonchanok Srisunaklua enviou o vídeo de 1 minuto e 40 segundos para o canal do YouTube Gin Zap Bep Nua Nua (YouTube/Newsline World)

Uma youtuber tailandesa poderá pegar 5 anos de prisão após se filmar comendo um morcego inteiro em uma tigela de sopa.

Publicidade

Phonchanok Srisunaklua tinha enviado o vídeo de 1 minuto e 40 segundos para o canal do YouTube Gin Zap Bep Nua Nua (Coma Apimentado e Delicioso) onde animais mortos são vistos flutuando em uma sopa com tomates-cereja.

Ao descrever os morcegos como “deliciosos” e comparando-os a “comer carne crua” ela então é vista partindo os animais e passando-os em um molho apimentado chamado Nim Jam.

O vídeo foi rapidamente inundado com queixas de telespectadores indignados com implicações à saúde.

“Se você vai morrer, morra sozinha. Ninguém vai te culpar. Mas você será condenada se começar uma pandemia”, escreveu um.

O veterinário Pattaraphon Manee-on, chefe do grupo de gestão de saúde de vida selvagem no Departamento de Parques Nacionais, Vida Selvagem e Conservação de Plantas, disse que ficou chocado ao ver o vídeo.

“É um comportamento muito arriscado, principalmente porque os morcegos têm muitos patógenos.

“Não há prova de que água quente realmente vai matar os germes”.

De acordo com alguns especialistas, morcegos carregam mais de 10 mil vírus que poderiam ser transmitidos aos humanos e iniciar uma outra pandemia.

Agora, a youtuber, que também é professora, foi detida por “posse de carcaças de vida selvagem protegida” e “infrações que violam a Lei de Crimes Cibernéticos”.

Inicialmente negando as acusações, a mulher, desde então, publicou um outro vídeo pedindo desculpas à “sociedade, jornalistas, colegas, familiares e amigos”.

Ela disse que não comeria morcegos novamente.

Fonte: Mail Online

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros