Rapidus: nova empresa formada por um pool para produção de semicondutores avançados

Grandes conglomerados japoneses se uniram para a formação de uma nova empresa, a fim de produzir semicondutores avançados.

Empresas do pool para o desenvolvimento de semicondutores (NHK)

Na quinta-feira (10) soube-se que do estabelecimento de um sistema para produção em massa de semicondutores de próxima geração usados ​​em supercomputadores e inteligência artificial (IA) no Japão.

Publicidade

Um pool de gigantes japonesas, incluindo Toyota Motor, NTT e Sony Group, já batizaram como Rapidus o nome da nova fabricante à medida que a competição para desenvolver semicondutores de próxima geração se intensifica em todo o mundo. 

Espera-se que a Rapidus entre em produção no máximo em 5 anos, com apoio do governo japonês. Os investimentos são de pelo menos 1 bilhão de ienes de cada uma delas: 

  • Toyota Motor
  • Denso
  • Sony Group
  • NTT
  • NEC
  • Softbank
  • Kioxia 
  • 8 empresas do Banco MUFG 

Investidores da Rapidus (NHK)

A nova empresa desenvolverá tecnologia de semicondutores de ponta, indispensável para campos que processam instantaneamente grandes quantidades de dados, como direção autônoma, inteligência artificial (AI) e cidades inteligentes, visando a produção em massa em 2027. 

O governo também decidiu subsidiar 70 bilhões de ienes para o custo de manutenção das bases de pesquisa e desenvolvimento.

Rapidus para atender à demanda interna

Estabelecerão uma tecnologia de fabricação de semicondutores lógicos para cálculos de próxima geração chamada Beyond 2 Nano e deverão construir uma linha de fabricação na segunda metade desta década. Por volta de 2030, a Rapidus pretende entrar no negócio de terceirização de fabricação de empresas que projetam e usam semicondutores.

Com relação aos semicondutores de próxima geração, devido aos crescentes riscos geopolíticos, há uma necessidade crescente de garantir a capacidade de fabricação que é distribuída de forma desigual em Taiwan e em outros países.

A lógica da próxima geração está enfrentando um período de transição técnica, como a estrutura dos elementos, e se apressou para garantir a tecnologia de produção em massa necessária para alcançar as empresas líderes.

Cooperação entre Japão e EUA

O Japão e os Estados Unidos concordaram em cooperar em pesquisa e desenvolvimento na área de semicondutores de próxima geração. Na segunda proposta de orçamento suplementar para o ano fiscal de 2022, aproximadamente 350 bilhões de ienes foram apropriados para o desenvolvimento de bases de pesquisa para a colaboração Japão e EUA. A previsão é de que a base seja estabelecida até o final do ano. Espera-se que a nova empresa acompanhe essa base de pesquisa e desenvolvimento e trabalhe no estabelecimento de um processo de produção em massa.

Os semicondutores lógicos afetam o desempenho de processamento de smartphones e data centers. Semicondutores com alto desempenho computacional e tecnologias relacionadas também são importantes para redes de comunicação avançadas e condução totalmente automatizada. Parece que a empresa decidiu que seria benéfico para sua competitividade futura se engajar em desenvolvimento e tecnologia de fabricação em campos de ponta por meio de investimentos.

Japão não produz semicondutores de 3nm

Nos semicondutores lógicos, quanto menor a largura do circuito, maior o desempenho, e os produtos avançados foram miniaturizados na ordem de vários nanômetros (nano é um bilionésimo de um metro).

A Taiwan Semiconductor Manufacturing (TSMC) e a Samsung Electronics da Coreia do Sul estabeleceram a tecnologia de produção em massa para produtos de 3 nanômetros e planejam produzir em massa produtos de 2 nanômetros em 2025.

Mesmo as últimas linhas de fabricação de semicondutores lógicos em operação no Japão são para produtos de 40 nanômetros, e na competição por desenvolvimento avançado na década de 2010, diante de grandes investimentos de empresas estrangeiras, não foi possível acompanhar.

Havia um histórico de pressa para garantir uma base de fabricação, como o planejamento de fabricar produtos de 12 a 28nm na base da TSMC, que foi convidada para a província de Kumamoto e continua a construir uma fábrica.

Embora o Japão tenha promovido a cooperação internacional em pesquisa e manufatura, faltam empresas que estejam proativamente envolvidas no desenvolvimento de lógica avançada e investimento em manufatura.

O foco está em assegurar os engenheiros, pois os com experiência em tecnologia de ponta e processos de fabricação são indispensáveis. É necessário obter a cooperação de empresas relacionadas com semicondutores, e parece que várias empresas já foram abordadas para cooperação em recursos humanos.

Fontes: Nikkei e NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Quinta-feira: 78 mil novos casos de coronavírus no Japão

Publicado em 10 de novembro de 2022, em Sociedade

Apesar da leve queda em relação aos dias anteriores, está acontecendo um aumento médio semanal de 130%.

SARS-CoV-2 (CDC)

O Japão teve 78.577 testados positivo para o novo coronavírus na quinta-feira (10), aumentando a soma cumulativa para 22.956.237 pessoas infectadas nesta epidemia.

Publicidade

Nos aeroportos foi apenas 1 passageiro, totalizando 22.453 nesta epidemia.

As províncias com maiores números são as listadas abaixo.

  1. Hokkaido: 8.457
  2. Tóquio: 7.967
  3. Kanagawa: 5.299
  4. Aichi: 4.235
  5. Saitama: 3.823

São 188 pacientes em estado grave, em tratamento da covid no país, tanto na UTI quanto necessitando de ventilação mecânica, 11 a mais que no dia anterior.

O dia teve 100 óbitos pela covid, elevando a soma cumulativa para 47.336 mortes nesta epidemia.

Veja os dados dos testados positivo, por província no Japão.

REGIÃO
PROVÍNCIA TOTAL
Hokkaido 8.457
Tohoku
Aomori 904
Iwate 898
Miyagi 2.533
Akita 892
Yamagata 1.353
Fukushima 1.730
Kanto
Ibaraki 1.911
Tochigi 1.414
Gunma 1.399
Saitama 3.823
Chiba 2.501
Tóquio 7.969
Kanagawa 5.299
Hokuriku
Niigata 1.744
Toyama 727
Ishikawa 728
Fukui 615
Koshin
Yamanashi 684
Nagano 2.686
Tokai
Gifu 1.476
Shizuoka 1.891
Aichi 4.235
Mie 999
Kinki
Shiga 797
Quioto 1.060
Osaka 3.780
Hyogo 2.135
Nara 577
Wakayama 565
Chugoku
Tottori 405
Shimane 563
Okayama 1.206
Hiroshima 2.527
Yamaguchi 719
Shikoku
Tokushima 386
Kagawa 554
Ehime 697
Kochi 284
Kyushu
Fukuoka 2.141
Saga 426
Nagasaki 534
Kumamoto 803
Oita 453
Miyazaki 402
Kagoshima 347
Okinawa 348
TOTAL GERAL 78.577
Fontes: MHLW e NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros