Homem com 102 filhos decide parar de aumentar família devido ao ‘custo de vida’

O ugandense Musa Hasahya, de 67 anos, pediu as suas 12 esposas que começassem a usar métodos contraceptivos para que a família pudesse comprar mais comida.

Ilustrativa (banco de imagens)

Um agricultor ugandense que tem 102 filhos e 568 netos decidiu parar de aumentar a família devido ao “alto custo de vida”.

Publicidade

Musa Hasahya, de 67 anos, de Lusaka, pediu as suas 12 esposas que começassem a usar métodos contraceptivos para que a família pudesse comprar mais comida, divulga o site The Sun.

Minha renda foi diminuindo ao longo dos anos devido ao alto custo de vida e minha família se tornou maior e maior”, disse ele.

“Eu me casei com uma mulher atrás da outra”.

“Como um homem pode se satisfazer com apenas uma mulher?”.

A poligamia é permitida em Uganda, mas todas as esposas de Musa são monitoradas na mesma casa para evitar que elas fujam com outros homens.

Somando às pressões financeiras, Musa não pode mais trabalhar devido a sua saúde debilitada, e duas de suas esposas o deixaram por problemas financeiros.

Zulaika, sua esposa mais jovem e mãe de 11 de seus filhos, disse: “Não vou ter mais nenhuma criança”.

“Eu vejo a situação financeira ruim e agora estou tomando pílula”.

Mas contraceptivos são um tabu no país, visto que eles são ligados à promiscuidade.

As idades dos filhos de Musa vão de 6 a 51 anos, com o primogênito sendo 21 anos mais velho do que Zulaika.

Cerca de um terço dos filhos de Musa vive com ele em sua fazenda.

Fonte: Metro UK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Terça-feira: 202 mil novos casos de coronavírus no Japão

Publicado em 27 de dezembro de 2022, em Sociedade

A média semanal de aumento continua na casa dos 110%, mas em comparação com a terça-feira passada foi de 17,1 mil casos a mais.

SARS-CoV-2 (CDC)

O Japão teve 202.853 testados positivo para o novo coronavírus na terça-feira (27), aumentando a soma cumulativa para 28.548.004 pessoas infectadas nesta epidemia.

Publicidade

Nos aeroportos foi 1 passageiro, totalizando 22.650 nesta epidemia.

As províncias com maiores números são as listadas abaixo.

  1. Tóquio: 22.063
  2. Aichi: 15.443
  3. Osaka: 13.962
  4. Kanagawa: 11.454
  5. Saitama: 10.969

São 582  pacientes em estado grave, em tratamento da covid no país, tanto na UTI quanto necessitando de ventilação mecânica, 19 a mais do que no dia anterior.

O dia teve 271 óbitos pela covid, elevando a soma cumulativa para 55.813 mortes nesta epidemia.

Veja os dados dos testados positivo, por província no Japão. As listadas em vermelho são as que tiveram recorde.

REGIÃO
PROVÍNCIA TOTAL
Hokkaido 5.928
Tohoku
Aomori 1.956
Iwate 2.200
Miyagi 3.470
Akita 1.467
Yamagata 1.522
Fukushima 3.232
Kanto
Ibaraki 1.323
Tochigi 3.117
Gunma 3.575
Saitama 10.969
Chiba 9.520
Tóquio 22.063
Kanagawa 11.454
Hokuriku
Niigata 3.592
Toyama 1.653
Ishikawa 1.992
Fukui 1.330
Koshin
Yamanashi 1.395
Nagano 1.935
Tokai
Gifu 5.386
Shizuoka 4.046
Aichi 15.443
Mie 1.132
Kinki
Shiga 2.719
Quioto 3.263
Osaka 13.962
Hyogo 5.995
Nara 2.015
Wakayama 1.251
Chugoku
Tottori 1.336
Shimane 1.866
Okayama 3.398
Hiroshima 2.171
Yamaguchi 3.523
Shikoku
Tokushima 1.605
Kagawa 2.604
Ehime 4.131
Kochi 1.459
Kyushu
Fukuoka 10.904
Saga 2.537
Nagasaki 2.881
Kumamoto 5.621
Oita 2.404
Miyazaki 3.248
Kagoshima 3.023
Okinawa 1.237
TOTAL GERAL 202.853

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros