Novo teste de sangue pode detectar sinais Alzheimer anos antes dos sintomas surgirem

Novo teste poderia ajudar a identificar pessoas sob risco de desenvolver a doença de Alzheimer e auxiliar em futuros tratamentos.

A doença de Alzheime é atualmente diagnosticada na maioria dos casos uma vez que o paciente tem um sintoma, como perda de memória (ilustrativa/banco de imagens)

Um novo teste de sangue pode detectar sinais de Alzheimer anos antes dos sintomas surgirem, o que poderia ajudar a identificar pessoas sob risco de desenvolver a doença e auxiliar em futuros tratamentos.

Publicidade

A doença de Alzheimer, a causa líder de demência, é atualmente diagnosticada na maioria dos casos uma vez que o paciente tem um sintoma, como perda de memória.

Nesse ponto, as melhores opções de tratamento disponíveis podem apenas reduzir a progressão dos sintomas.

Pesquisadores indicam que a causa suspeita da Alzheimer, um acúmulo de proteínas no cérebro, pode começar anos, ou mesmo décadas, antes do aparecimento dos sintomas que mostram dificuldade cognitiva.

Essas proteínas, chamadas de beta amiloides, se aglomeram para formar o que são chamados oligômeros, levando à Alzheimer em um processo que os cientistas ainda estão tentando compreender.

Um novo teste de sangue, desenvolvido por pesquisadores na Universidade de Washington, mede esses níveis de oligômeros de proteínas beta amiloides em amostras de sangue.

As descobertas foram publicadas no jornal Proceedings of the National Academy of Sciences.

Fonte: Euronews

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Japão intensifica medidas contra gripe aviária e febre suína

Publicado em 8 de dezembro de 2022, em Sociedade

O Japão está intensificando esforços para proteger granjas e fazendas de porcos de doenças infecciosas.

Ilustrativa (banco de imagens)

O Ministério da Agricultura do Japão está intensificando esforços para proteger granjas e fazendas de porcos de doenças infecciosas, visto que a gripe aviária se espalha rapidamente pelo país.

Publicidade

Na quarta-feira (7), o ministério realizou uma reunião da força-tarefa e o ministro da Agricultura, Tetsuro Nomura, disse aos participantes que conter infecções é importante porque mais pessoas viajam na época do feriado de fim e início de ano.

Ele disse que tem a esperança de que autoridades tenham foco em prevenir ainda mais surtos de gripe aviária e impeçam que o vírus da febre suína africana entre no Japão.

Foi dito aos participantes na reunião que mais de 4 milhões de frangos foram abatidos desde o primeiro caso de gripe aviária da temporada no fim de outubro e que infecções estão agora se espalhando mais rápido do que há 2 anos quando um número recorde de aves foi eliminado.

Um outro relatório alertou que o relaxamento de medidas de quarentena do coronavírus pode facilitar a entrada do vírus da febre suína africana no país, o qual ainda não foi confirmado no Japão.

Os participantes na reunião disseram que pedirão a granjas e fazendas de porcos que desinfetem completamente suas instalações e realizem outras medidas de higiene.

Eles também pediram para manter rigorosamente medidas de quarentena de segurança de alimentos em portos de embarque e terminais aéreos.

Por exemplo, viajantes que vêm do exterior são proibidos de trazer carne e produtos da carne para o Japão.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros