Turismo doméstico se recupera e deve chegar a 72% de antes da pandemia

Pela primeira vez nesta epidemia do coronavírus se vê aumento de pessoas com viagem marcada no feriadão de final e começo de ano.

Vista da janela de uma aeronave, chegando em Okinawa (PM)

A JTB, uma mega-agência de viagens, investigou as perspectivas para as viagens de fim de ano e Ano Novo, dentro do país, com base em enquete e nos status das reservas das companhias aéreas.

Publicidade

Os resultados mostraram que cerca de 21,15 milhões de pessoas deverão viajar entre 23 de dezembro e 3 de janeiro de 2023, com pelo menos um pernoite.

Esses números mostram um aumento de 17% em relação ao final do ano anterior. Além disso, representam 72% de antes da pandemia do coronavírus, em 2020, bom indicador de recuperação do turismo doméstico.

O número de viagens de longa distância, que vinha diminuindo devido à crise por causa da epidemia do coronavírus, está aumentando, com perspectivas de mais crescimento para os destinos mais procurados, que são Hokkaido e Okinawa.  

Viagens para o exterior

Por outro lado, o número de viajantes para o exterior deverá aumentar 7,5 vezes em relação ao ano anterior, estimando em 150 mil. O motivo desse súbito aumento se deve ao relaxamento das medidas nas fronteiras.

No entanto, em relação a 2020, ainda é baixo, de apenas 18%, devido a fatores como o impacto da desvalorização do iene e o aumento do preço do combustível da aviação, fazendo com que a sobretaxa adicionada ao preço da passagem a torne ainda mais cara.

Tem muita gente que gostaria de viajar, mas…

“A demanda pelas viagens domésticas está se recuperando, mas ainda há uma fatia que se abstém por causa do número de testados positivo aumentando diariamente e também pelo aumento do custo de vida”, analisou a JTB. 

Fonte: NHK

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Cinco japoneses presos na Tailândia

Publicado em 12 de dezembro de 2022, em Ásia

Esse grupo de japoneses teria confinado um compatriota que foi até lá para se apresentar para o trabalho de call center, mas era um local de equipe de fraude.

Polícia de Bangkok levando um dos japoneses (FNN)

Inicialmente, a polícia local de Bangkok, capital da Tailândia, prendeu 5 japoneses como suspeitos de terem confinado um compatriota de 28 anos, em uma casa térrea residencial.

Publicidade

Segundo o noticiário de sábado (11), a polícia local acredita que esse japonês tenha viajado para Bangkok atendendo ao anúncio de recrutamento para trabalhar em um call center, o qual oferecia boas condições.

No entanto, ao efetuar essas prisões, descobriu-se que esse suposto call center era um local onde os 5 japoneses faziam ligações tendo como alvo vítimas japonesas.

Eles se passavam por funcionários das prefeituras contando mentiras como possibilidade de reembolso de despesas médicas e outras, para obter transferências bancárias, de forma fraudulenta. 

Segundo as autoridades locais foram encontrados manuais de procedimento no local que servia de base para as fraudes. A investigação sobre essas ações suspeitas continua sendo efetuada.

Cinco japoneses presos na delegacia de Bangkok (FNN)

Fonte: FNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Life Card - cartão exclusivo para brasileiros