Página excluída do sistema

A página solicitada foi movida ou excluída

Desculpe, a página solicitada foi excluída do sistema... Por diversos motivos, alguns conteúdos são excluídos após algum tempo.

As seções principais do Portal Mie (clique para abrir):

- HOME - página inicial

- NOTÍCIAS DO JAPÃO E DO MUNDO

- EMPREGOS NO JAPÃO

- EVENTOS E FOTOS PORTAL MIE

- MAGAZINE PORTAL MIE

- AGENDA DE EVENTOS

Por favor utilize a busca do Portal Mie para encontrar outros itens com este mesmo tema.

Publicidade

+ lidas agora

> >

--

Advogados denunciam Testemunhas de Jeová por rejeitarem transplante de sangue

Publicado em 27 de fevereiro de 2023, em Sociedade

Advogados relatam que Testemunhas de Jeová continuam negando transfusões sanguíneas para crianças mesmo após mudanças na lei.

Imagem Ilustrativa

Advogados denunciaram ao governo na segunda (27) que o grupo religioso “Testemunhas de Jeová” continua instruindo seus seguidores a não permitir que crianças recebam transfusões de sangue, violando as diretrizes do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-estar sobre crianças e prevenção de abusos. “Este é um assunto sério que ameaça a vida de crianças”, disseram os advogados.

Publicidade

Os “Testemunhas de Jeová”, cuja sede mundial está nos Estados Unidos, são conhecidos por recusarem transfusões de sangue por motivos religiosos.

As diretrizes do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-estar foram formuladas em dezembro do ano passado em resposta aos problemas envolvendo a Federação da Família para a Paz Mundial e Unificação (anteriormente a Igreja da Unificação), após o assassinato do ex-primeiro-ministro Shinzo Abe por um seguidor. O objetivo é prevenir o abuso infantil de pais religiosos e as diretrizes afirmam claramente que negar cuidados médicos necessários, incluindo transfusões de sangue, constitui abuso infantil.

De acordo com Kotaro Tanaka, membro da Associação de Advogados de Tóquio, os Testemunhas de Jeová instruíram seus seguidores a recusar transfusões de sangue para crianças mesmo após as mudanças na constituição. Os membros desta igreja dão a seus filhos um “cartão de identificação” afirmando que desejam “tratamento sem sangue” por motivos religiosos e informam os médicos em caso de emergência.

O advogado Tanaka e outros formaram um grupo relacionado a casos de “Testemunhas de Jeová” no mês passado. Segundo os advogados, muitos membros da igreja estão preocupados com a saúde de seus filhos e fizeram consultas com o grupo.

No final do ano passado, depois que o Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar anunciou as diretrizes, os Testemunhas de Jeová emitiram uma declaração dizendo: “Os pais levam a sério sua responsabilidade de transmitir suas crenças aos filhos e ensiná-los a viver de acordo com a moral sólida”.

Em 2000, a Suprema Corte decidiu que era direito do paciente recusar transfusões de sangue com base em crenças religiosas. Por outro lado, em 2008, a Sociedade Japonesa de Transfusão de Sangue e Terapia Celular anunciou uma diretriz para menores de 15 anos receberem transfusões de sangue se houver risco de vida, mesmo que a pessoa ou responsáveis recusem.

Fonte: Yomiuri

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!