Trabalhador em estado crítico pela explosão na indústria naval da Mitsubishi

Segundo o Corpo de Bombeiros, o trabalhador foi socorrido já inconsciente e seu estado é crítico.

Imagem aérea da planta da Mitsubishi Heavy Industries onde ocorreu a explosão (NHK)

Por volta das 11h10 de quarta-feira (22), houve uma explosão na Mitsubishi Heavy Industriesindústria de construção naval – situada na cidade de Nagasaki (província homônima).

Publicidade

Segundo informações da polícia e dos bombeiros, um trabalhador na faixa dos 50 anos foi socorrido, mas seu estado é crítico pois já estava inconsciente. Foi imediatamente transportado para um hospital da cidade.

O relato indica que a explosão ocorreu por causa do gás, mas a polícia está investigando pois ouviu dizer também que foi por causa da tinta que pegou fogo. O local é um setor no qual se montam os navios.

De acordo com o Departamento de Relações Públicas da Mitsubishi Heavy Industries, a planta onde ocorreu a explosão é no departamento que constrói navios para a Força de Autodefesa Marítima do Japão.

Há informação de que os agentes explosivos usados no local onde ocorreu o acidente são os diluentes usados ​​como tinta e os cilindros de gás para soldagem. Para que não ocorra isso, o local costuma ser bem ventilado, segundo uma fonte da emissora NBC.

“O trabalhador não é funcionário direto da Mitsubishi Heavy Industries, mas de uma empresa parceira. Quando o colega o viu caído, usou o desfibrilador externo automático (DEA) enquanto esperava o socorro”, disse um porta-voz da indústria, às 13h20 para a imprensa.

Funcionário da Mitsubishi Heavy Industries explicou rapidamente sobre o trabalhador (NHK)

Fontes: NHK e NBC

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Problemas com corvos: bancos sujos e até cocô na cabeça

Publicado em 22 de fevereiro de 2023, em Sociedade

Universidade e associações de Fukushima fazem pedido para prefeitura lidar com fezes de corvos.

Imagem: FNN

A Universidade Gakushuin e associações locais apresentaram um pedido à prefeitura de Fukushima no dia 20 pedindo que o reforço das medidas contra danos causados por corvos.

Publicidade

Segundo pedido, muitos corvos (karasu) estão se aglomerando na área central da cidade em frente à Estação de Fukushima e seus excrementos estão causando danos à paisagem e higiene local. O prefeito Hiroshi Kohata indicou que tomaria contramedidas após investigar melhor a situação.

A solicitação foi feita principalmente pela Universidade Gakushuin, que possui um campus em Honmachi, na frente da Estação de Fukushima, em conjunto com a Associação de Amizade de Ichihonmachi e Associação de Promoção Econômica do Distrito Comercial de Ichihonmachi.

As três entidades pediram à prefeitura que implementasse contramedidas eficazes, afirmando: “Uma grande quantidade de fezes foi lançada nas paredes dos prédios e calçadas, a paisagem da cidade se deteriorou e há preocupações com a higiene“.

Segundo a universidade, as fezes estão caindo nos ombros e na cabeça dos alunos que se deslocam para a escola, e as ruas próximas à entrada da universidade estão sujas de fezes. “A Estação de Fukushima é a cara de Fukushima. Também estamos avançando com o desenvolvimento em frente à estação, então gostaria que este assunto fosse levado à sério.”, disse o diretor universitário Yoko Sakurada.

O prefeito Kohata disse: “O lixo pode levar a um aumento de corvos. No novo ano fiscal, gostaríamos de realizar pesquisas e estudos sobre como os locais de coleta de lixo devem se preparar para evitar acúmulo e tomar medidas concretas”. Ele também indicou que uma política seria impor multas às empresas que não descartam o lixo adequadamente.

Fonte: Yomiuri

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!