Turistas estrangeiros em Bali, na Indonésia, são proibidos de andar de moto

Turistas estrangeiros não poderão mais usar motos para passear na ilha indonésia após uma série de acidentes.

Motos e scooters para alugar em Bali, na Indonésia (banco de imagens)

O destino turístico popular de Bali, na Indonésia, já se cansou de motociclistas indisciplinados. Turistas estrangeiros não terão mais permissão de usar motos para passear na ilha indonésia após uma série de acidentes que levou a ferimentos e mortes.

Publicidade

“Eles são desregrados e se comportam indevidamente”, disse o governador Wayan Koster na segunda-feira (13), acrescentando que de agora em diante, estrangeiros devem usar apenas meios de transporte preparados por serviços turísticos que atendem certos padrões” a fim de garantir qualidade e turismo digno”.

Mas não está claro como a proibição seria mantida.

Koster buscou suporte legal do ministério para permitir que Bali revogue os vistos de turistas estrangeiros que andam de moto, ou se eles cometerem outras infrações, incluindo trabalhar ilegalmente ou utilizar suas permissões de residentes indevidamente.

Em fevereiro, um turista russo foi detido pela polícia após andar de moto embriagado e atropelar um motociclista local, fazendo com que ele fosse hospitalizado.

Em janeiro, um turista ucraniano e um outro russo morreram em uma colisão no trânsito.

As autoridades também pediram à agência central de imigração que cancelasse a política de recebimento de visto na chegada para cidadãos russos e ucranianos após ter sido descoberto que turistas estavam trabalhando ilegalmente.

Turistas russos estão entre os maiores grupos de chegadas estrangeiras na Indonésia, de acordo com dados oficiais.

Koster disse no domingo (12) que ele pediu ao Ministério da Lei e de Direitos Humanos que endurecesse exigências de visto ao cancelar a facilidade de visto na chegada para russos e ucranianos.

“Devido ao fato de eles estarem em guerra, então eles debandam para Bali, incluindo aqueles que buscam conforto ou vêm aqui para trabalhar”, disse ele.

Ele acrescentou que esses dois países foram enfatizados porque as infrações cometidas pelos seus cidadãos foram mais “significantes” do que aquelas de turistas de outros lugares.

Fonte: Straits Times

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Ouro chega a 9 mil ienes o grama no Japão

Publicado em 14 de março de 2023, em Economia

A falência do banco americano repercutiu imediatamente em relação ao ouro, considerado um ativo seguro.

Barras de ouro (NHK)

A empresa Tanaka Kikinzoku Kogyo, maior negociante de ouro do Japão, anunciou na segunda-feira (13) que o preço de varejo desse metal precioso chegou a 9 mil ienes por grama. Houve um aumento de 122 ienes (1,4%) acima do dia útil anterior.

Publicidade

Após a falência do banco americano Silicon Valley Bank (SVB), os preços futuros de ouro no exterior dispararam, por isso chegou a essa cotação recorde no Japão também. O preço de compra também atingiu um recorde de 8,88 mil ienes.

Os preços do ouro no exterior subiram acentuadamente no último final de semana. Após a falência do SVB, a compra do metal precioso, considerado um ativo seguro por sua raridade e valor físico, tornou-se dominante.  

De acordo com a Tanaka Kikinzoku, o preço de varejo mais alto até agora foi de 8.977 ienes em 25 de janeiro e o preço de compra foi de 8.860 ienes em 20 de abril de 2010. 

Eiichiro Kato, gerente geral de varejo da empresa Tanaka Kikinzoku, disse que “a falência bancária teve um grande impacto no preço do ouro. No entanto, se a ansiedade sobre o futuro aumentar, acho que mais pessoas vão querer comprar ouro”.

Fontes: NHK e Nikkei 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!