É importante usar capacete para andar de bicicleta? Lei em vigor em 13 províncias

Em 13 províncias a lei revisada da obrigatoriedade ao esforço em usar o capacete para andar de bicicleta já está em vigor.

Mulher usando capacete para andar de bicicleta (ANN)

A Agência Nacional de Polícia do Japão (NPA) divulgou que apenas 4%, ou 665, de um total de 16.435 usuários de bicicleta usaram capacete em 13 províncias nos meses de fevereiro e março.

Publicidade

São 13 das 47 províncias que estão com a nova regulamentação da obrigação de se esforçar (努力義務, lê-se doryoku gimu) para usar o capacete para usar a bicicleta como meio de locomoção, a partir de 1.º de abril.

Dentre as 13 províncias há algumas onde o número de residentes brasileiros é elevado.

  1. Saitama
  2. Chiba
  3. Tóquio
  4. Kanagawa
  5. Shizuoka
  6. Aichi 
  7. Quioto
  8. Osaka
  9. Hyogo
  10. Okayama
  11. Hiroshima
  12. Fukuoka
  13. Kumamoto

Os ciclistas de Kumamoto mostraram ser os mais colaborativos, com 7,8%; seguidos de Tóquio (5,6%) e Okayama (4,3%). Os de Hyogo são os menos, com apenas 1,9%. 

É importante usar o capacete para andar de bicicleta?

O uso do capacete não é obrigatório, mas é um item que ajuda a prevenir lesões graves em caso de acidente. Essa nova revisão da lei é uma forma de proteger os usuários de bicicleta.

Segundo os dados da polícia da cidade de Aomori, em 2018 ocorreram acidentes envolvendo bicicletas, os quais causaram 26 mortes. Dentre eles, apenas um usava capacete.

“Embora existam pessoas (de bicicleta) que morreram de ferimentos letais na cabeça, também há casos em que o uso de capacete salvou suas vidas, então quero pedir para usá-lo para se proteger”, disse o gerente do departamento de trânsito da polícia de Toyama. 

Fontes: JNN, Tulip TV, ANN, NHK e Tokyo Shimbun

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Polícia de Mie intensifica batida

Publicado em 5 de abril de 2023, em Sociedade

Os policiais estão intensificando a repressão como iniciativa para reduzir os acidentes com vítimas na província de Mie.

Fileira de shirobai para as batidas policiais (Tokai TV)

A partir de terça-feira (4) a Polícia da Província de Mie colocou mais policiais nas rodovias para fortalecer a repressão e a vigilância.

Publicidade

Segundo as informações, o número de mortes no trânsito na província de Mie está aumentando em 2023. Até segunda-feira (3) o número chegou a 22 vítimas fatais dos acidentes de trânsito, um aumento de 10 mortes em relação ao mesmo período de 2022.

Com esses números, Mie chegou ao segundo pior número de mortes em acidentes de trânsito a cada 100 mil pessoas, no amargo ranking nacional.

Com o aumento das batidas policiais espera-se reduzir o número de acidentes de trânsito.

Desde terça-feira são 30 policiais a mais nas motos brancas (shirobai em japonês) para essa repressão.

“Os acidentes geralmente são causados ​​por impaciência, então, por favor, mantenha uma distância segura entre o carro da frente para dirigir com folga”, disse o Diretor do Departamento de Segurança no Trânsito da Polícia da Província de Mie, Hiroya Yada.

Cerimônia de largada dos policiais na shirobai (Nagoya TV)

Fontes: Tokai TV e Nagoya TV

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!