Passeio gratuito para quem mora em Tokai: mais de 200 mil tulipas

Além das espetaculares tulipas coloridas para encher os olhos de alegria, tem um tapete azul de nemophilas e jacintos-uva. Entrada e estacionamento grátis!

Uma das vistas do parque cheio de tulipas (fotógrafo Rogério Akira)

Um total de 215 mil bulbos de 128 variedades diferentes de tulipas cresceram e abriram centenas de milhares de flores coloridas para proporcionar um momento de alegria só de vê-las. 

Publicidade

O local é ideal para quem mora em Aichi, Gifu ou Mie, pois fica bem na divisa dessas 3 províncias, o famoso Parque Kiso Sansen Center, na cidade de Kaizu (Gifu).

No local ainda há um tapete das flores chamadas de baby blue eyes por causa da delicadeza da cor azul, ou nemophila. Só de olhar para elas dá uma sensação de relaxamento.

As babies blue eyes no parque (Gifu Shimbun)

Também se pode apreciar as pequenas flores em cacho chamadas de jacinto-uva (muscari). Com essas milhares de flores pode se sentir no paraíso.

O canteiro, que foi desenhado à imagem da bandeira holandesa e a cor símbolo do país (laranja), permite aos visitantes passear pelo campo das flores baby blue eyes, tirar muitas fotos como fez o fotógrafo Rogério Akira, como também gravar vídeos para o Reels, além de levar seu pet para passear. 

Cores vibrantes das tulipas, incluindo o vermelho da bandeira holandesa e laranja, a cor do país (fotógrafo Rogério Akira)

O Festival das Tulipas 2023 em Kaizu, com apoio do Gifu Shimbun e Gifu BC, segue até domingo (9), com barracas de comidas e artesanato.

Parque Kiso Sansen 

木曽三川公園

Cenário encantador com as centenas de milhares de tulipas (fotógrafo Rogério Akira)

  • Horário: 9h às 17h30
  • Entrada: gratuita
  • Estacionamentos: sim, vários, para 1.231 veículos e são gratuitos
  • Local do parque: Parque Kiso Sansen Center (toque aqui para abrir o mapa)

Ótimo passeio!

Fontes: divulgação e Gifu Shimbun

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

J&J propõe acordo de US$8,9 bilhões para encerrar processos por talco que causa câncer

Publicado em 5 de abril de 2023, em Notícias do Mundo

A J&J vem enfrentando milhares de processos por pó de talco contendo vestígios de amianto culpados por causar câncer no ovário.

A J&J vem enfrentando milhares de processos por pó de talco contendo vestígios de amianto (banco de imagens)

A gigante farmacêutica dos EUA, a Johnson & Johnson (J&J) propôs na terça-feira (4) um acordo de US$8,9 bilhões para resolver processos de anos alegando que seus produtos de talco causaram câncer.

Publicidade

A empresa sediada em Nova Jersey disse que o acordo proposto, que precisa de aprovação de um tribunal de falências, “resolverá de modo equitativo e eficiente todos os processos de litigação de talco cosmético”.

A J&J vem enfrentando milhares de processos por pó de talco contendo vestígios de amianto culpados por causar câncer no ovário.

A empresa nunca admitiu irregularidades, mas parou de vender talco para bebê nos EUA e Canadá em maio de 2020.

“A companhia continua a acreditar que essas alegações são ilusórias e falta mérito científico”, disse Eril Haas, vice-presidente de litigação da J&J em uma declaração.

A J&J disse que os US$8,9 bilhões seriam pagos a dezenas de milhares de requerentes ao longo de 25 anos através de uma subsidiária da Johnson & Johnson, que foi estabelecida para endereçar as afirmações e pediu proteção por falência.

Antes, a J&J havia proposto um acordo de US$2 bilhões em resposta às alegações de que seu talco causou cânceres ginecológicos.

A empresa disse que o acordo proposto “não é uma admissão de irregularidades, nem uma indicação de que a companhia mudou sua posição de longa data de que seus produtos de talco são seguros”.

Fonte: Channel News Asia

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - promoção Torcida BB!
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!