Tulipas coloridas e encantadoras no Blume no Oka em Shiga

O Blume no Oka é um parque agrícola em Shiga com jardins de flores e várias outras atrações para toda a família!

Tulipas colorem ainda mais a primavera no Blume no Oka (PM)

O Blume no Oka (Blumen Hugel) na cidade de Hino (Shiga) é um parque agrícola onde os visitantes podem desfrutar da beleza de várias flores dependendo da estação do ano.

Publicidade

Lindas tulipas embelezam o local (PM)

Na paisagem adorável inspirada em uma vila alemã, há atrações que incluem jardins de flores e lugares onde você pode interagir com os animais, há restaurantes, workshops, aulas de artesanato, estufas e muito mais.

A Tulip Festa em 2021 (PM)

Em relação às flores, atualmente cerca de 130 mil tulipas de 125 tipos é que tomam conta do local. O festival será realizado de 1º a 30 de abril de 2023.

Fotografando no meio das flores (PM)

As flores que desabrocham na primavera são narcisos, canolas e cerejeiras a partir de meados de março. As tulipas e nemofilas florescem de meados ao fim de abril e as rosas a partir do fim de maio.

O trenzinho retrô ao fundo (PM)

Perto da área de flores fica o espaço dos animais que incluem alpacas, carneiros, cangurus, tartarugas e uma área para montar a cavalo.

Alguns dos animais que os visitantes podem ver (PM)

Que tal visitar esse belo local em Shiga?

Vários locais para ver as tulipas (PM)

Shiga Agricultural Park Blume no Oka (Blumen Hugel) –  滋賀農業公園 ブルーメの丘

  • Funciona das 10h às 17h (o horário pode variar dependendo da estação)
  • Fecha às quartas-feiras. De 1º de dezembro a 28 de fevereiro fecha às quartas e quintas
  • Para ver os valores dos ingressos e outras informações, toque aqui.
  • Toque aqui para abrir o mapa e ver a localização
  • Há amplo estacionamento gratuito
Imagens: PM- 2021

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

CEO da OpenAI vê oportunidades no Japão

Publicado em 10 de abril de 2023, em Sociedade

O OpenAI é o empreendimento conjunto do EUA que desenvolveu o ChatGPT, um chatbot que utiliza inteligência artificial para interagir com humanos.

CEO da OpenAI está buscando abrir um escritório no Japão (banco de imagens)

Sam Altman, CEO da OpenAI, o empreendimento conjunto do EUA que desenvolveu o ChatGPT, está visitando o Japão, onde ele se encontrou com o primeiro-ministro Fumio Kishida na manhã desta segunda-feira (10).

Publicidade

Após a reunião, Altman resumiu a agenda em termos claros. “Conversamos sobre o lado positivo dessa tecnologia e como atenuar o lado negativo”, disse ele.

Altman acrescentou que ele está buscando abrir um escritório no Japão, dizendo que gostaria de “construir algo grande para as pessoas no país e fazer modelos melhores com a língua japonesa e a cultura”.

O governo também vê potencial na tecnologia. O secretário-chefe de Gabinete, Hirokazu Matsuno, a mencionou em sua coletiva de imprensa regular na manhã desta segunda-feira.

Ele disse que a IA pode ser levada em consideração em uma tentativa de reduzir a carga de trabalho sobre funcionários públicos.

Mas ele também mencionou os riscos inerentes na nova tecnologia. “O governo continuará a trabalhar para entender o desenvolvimento na tecnologia de IA enquanto considera como gerenciar informação confidencial e responder a preocupações com vazamentos de informações”, disse ele.

Preocupações acadêmicas em alta

O encontro entre Kishida e Altman ocorre em um momento quando algumas universidades japonesas estabeleceram padrões para o uso do ChatGPT e outras tecnologias de IA. Muitas estão alertando que o impacto sobre a educação continua amplamente desconhecido.

O ChatGPT (transformador pré-treinado gerador de conversas) pode criar sentenças naturais como se fossem escritas por humanos. Ele também pode gerar facilmente relatórios e documentos.

Em uma cerimônia de entrada na Universidade de Quioto na sexta-feira (7), o presidente da instituição de ensino, Minato Nagahiro, apontou que sentenças escritas usando IA podem conter informação incorreta. Ele disse que está faltando processo comum de verificação humana e continuou, dizendo que ele quer que os estudantes tirem tempo para produzirem seus próprios trabalhos.

O ChatGPT é especificamente desenvolvido para não responder a questões potencialmente ligadas a atividade ilegal. O software se recusa a responder comandos diretos para escrever malware, mas cumpre quando as perguntas são reformuladas.

Especialistas em IA, executivos da indústria incluindo Elon Musk e mais de mil outros emitiram uma carta aberta em março pedindo por uma pausa de 6 meses em sistemas de desenvolvimento mais poderosos do que a atual versão da OpenAI, a GPT-4.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!