Presidente do conselho da Toyota pede desculpas por fraude em teste de segurança na Daihatsu

Em 28 de abril, a Daihatsu disse que havia descoberto irregularidade em testes de colisão lateral em 4 modelos.

Akio Toyoda em coletiva de imprensa na Tailândia no domingo, 8 de maio de 2023 (NHK)

O presidente do conselho da Toyota Motor, Akio Toyoda, pediu desculpas na segunda-feira (8) pela má conduta em testes de segurança de colisão de veículos em alguns modelos do exterior produzidos pela Daihatsu, uma subsidiária da montadora japonesa.

Publicidade

“Isso é uma traição da confiança que não deve acontecer”, disse Toyoda em uma coletiva de imprensa na Tailândia, uma base de produção e vendas para os veículos em questão, realizada para explicar detalhes da fraude de testes de segurança e medidas que serão tomadas.

Vou liderar os esforços organizados por todo o grupo”, para resolver o problema, disse ele, comprometendo-se a identificar a causa da má conduta e tomar medidas preventivas para que a confiança no grupo seja recuperada e envios possam ser retomados.

Em 28 de abril, a Daihatsu disse que havia descoberto a irregularidade em testes de colisão lateral em 4 modelos, incluindo o Yaris Ativ, um modelo da Toyota produzido na Tailândia desde agosto de 2022, o Perodua Axia, fabricado e vendido na Malásia, e um modelo em desenvolvimento.

A má conduta, que veio à tona em um relatório delator, havia afetado um total de cerca de 101.700 unidades desde o fim de abril. Envios estão sendo suspensos na Tailândia e no Oriente Médio.

Fonte: Nippon

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Tensão por causa da forte chuva

Publicado em 8 de maio de 2023, em Sociedade

A forte chuva que começou no domingo fez o Rio Tenjin transbordar e, com isso, os sedimentos cobriram os carros.

Veículos submersos na inundação, com mistura de sedimentos (NHK)

À 1h55 de segunda-feira (8), o governo local emitiu uma ordem para evacuação das casas, para 2.088 pessoas de 828 residências, na cidade de Itami (Hyogo), devido ao transbordamento do Rio Tenjin.

Publicidade

Ninguém saiu para se abrigar nos locais disponibilizados e às 5h do mesmo dia a ordem foi cancelada. 

A área do terreno ao redor do Rio Tenjin tem um nível mais baixo, por isso, a obra para fortalecimento do aterro estava em andamento. Embora a obra não tenha desabado, por causa da cheia do rio, os sedimentos se misturaram à água e muitos veículos ficaram submersos.

Até o meio-dia de segunda-feira não havia relato de pessoas feridas.

Por causa dessa chuva, a JR West suspendeu a operação de algumas linhas na parte da manhã, entre Iga Ueno (Mie) e Kamo, um trecho em Kakogawa, além de outros em Nara e Quioto.

Uma das vias expressas também foi afetada e o trecho próximo à entrada da área de estacionamento de Kyotanabe (PA) da Daini Keihan Road sofreu inundação. Foi realizada uma obra de drenagem na área para voltar à normalidade.  

Fontes: NHK e Sankei 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!