Aranhas potencialmente perigosas em um parque

Um menino levou uma picada e quando o funcionário do parque foi verificar, encontrou as temidas aranhas não nativas do Japão.

Aranha na sua teia, encontrada no parque (ANN)

Na quinta-feira (27) a prefeitura de Kitakyushu (Fukuoka) informou que um estudante do terceiro ano do primário estava brincando em um parque, em Wakamatsu-ku, quando teve o dedo picado por algum inseto, em 24 deste mês.

Publicidade

O funcionário do parque foi verificar o local, encontrou 4 aranhas consideradas potencialmente perigosas, nativas da Austrália, chamadas Latrodectus hasseltii ou セアカゴケグモ (seakagoke-gumo) em japonês, por causa da listra vermelha no corpo.

As aranhas encontradas foram exterminadas. No entanto, dois dias depois foi encontrada mais uma, igualmente exterminada.

Segundo a informação, foi a primeira vez que esse tipo de aranha perigosa é encontrada na cidade.

No Japão, foi descoberta pela primeira vez na província de Osaka, em 1995. Desde então, foi encontrada em 45 das 47 províncias. As únicas ilesas são Aomori e Akita.

“Na maioria das vezes, se for picado deverá ficar com dor ou dormência no local, mas sara naturalmente. No pior dos casos, a pessoa poderá ficar em estado grave, com dificuldade para respirar”, explicou o professor emérito Takahide Kamura, da Universidade Otemon Gakuin. 

A sua recomendação no caso de encontrá-la é, “básicamente, exterminá-la com um inseticida. Só depois, pisá-la. Jamais toque essa aranha com a mão”.

Aranha potencialmente perigosa encontrada no parque (ANN)

Fonte: ANN

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Dois homens são encontrados mortos por insolação

Publicado em 28 de julho de 2023, em Sociedade

Um deles foi encontrado dentro de seu carro e outro caído na sua plantação.

Foto ilustrativa de sirene da ambulância em dia ensolarado (NHK)

A polícia informou, na quinta-feira (27), que no dia anterior, por volta das 17h, um transeunte ligou para o 119 porque encontrou um homem aparentemente desmaiado dentro do carro no estacionamento do prédio.

Publicidade

O prédio de apartamentos fica na cidade de Oita (província homônima) e, quando a ambulância chegou, os paramédicos encontraram o homem já morto, no assento do motorista.

Ele era residente desse prédio, de 64 anos. O carro estava parado no estacionamento, em local ensolarado, e acredita-se que tenha ido a óbito cerca de uma hora antes de ser encontrado, por insolação.​​ 

A temperatura no interior do carro estava muito elevada, segundo os bombeiros

A província de Oita é uma das que está sob alerta de insolação desde quarta-feira (26) e a temperatura máxima nesse dia em que a vítima foi encontrada foi de 31,7 graus Celsius.

No mesmo dia, um homem na faixa dos 70 anos foi encontrado morto na sua plantação na cidade de Yamatokoriyama (Nara), após as 13h, igualmente com suspeita de insolação.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!