Samsung expande cortes de produção de chips em meio à queda na indústria

Segundo a Samsung, uma recuperação na demanda está amplamente limitada a semicondutores de alta gama usados em inteligência artificial.

Provavelmente o negócio continuará no vermelho no trimestre atual, segundo a Samsung (banco de imagens)

A Samsung Electronics disse nesta quinta-feira (27) que o pior já passou para o mercado global de chips de memória, mas anunciou planos de estender cortes de produção porque uma recuperação na demanda está amplamente limitada a semicondutores de alta gama usados em inteligência artificial (IA).

Publicidade

A ação revela a queda sem precedentes de semicondutores que levou a empresa sul-coreana a contrair um recorde de 8,9 trilhões de wons (US$7 bilhões) em prejuízos operacionais de seu negócio de chips nos primeiros 6 meses deste ano.

Provavelmente o negócio continuará no vermelho no trimestre atual, embora o prejuízo seja visto quase que diminuindo pela metade para 2,3 trilhões de wons em comparação ao segundo trimestre, de acordo com 22 analistas entrevistados pela Refinitiv.

Uma desaceleração econômica global e altas taxas de juros reduziram a demanda para a maioria dos produtos do consumidor após um auge conduzido pela pandemia.

“Os cortes de produção por toda a indústria provavelmente continuarão no segundo semestre, e a demanda deve se recuperar gradualmente, visto que os clientes continuaram a desestocar suas reservas de semicondutores”, disse a Samsung, a maior fabricante de chips de memória do mundo em uma declaração.

Jaejune Kim, vice-presidente executivo do negócio de memórias da Samsung, disse sobre uma chamada de ganhos que a empresa expandiria os cortes de produção e faria ajustes adicionais para certos produtos, incluindo memórias flash NAND que são usadas para armazenar dados digitais.

Ele não revelou a extensão dos cortes de produção as Samsung, mas citou que os estoques de chips de memória da companhia estavam diminuindo rapidamente após atingir o pico em maio.

Fonte: Investing

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

VE teria pegado fogo, causa do incêndio no cargueiro japonês

Publicado em 27 de julho de 2023, em Notícias do Mundo

O incêndio no navio cargueiro japonês, transportando mais de 3 mil veículos, matou um indiano da tripulação.

Foto do combate ao incêndio do cargueiro japonês, na costa holandesa (Guarda Costeira da Holanda)

A companhia Shoei Kisei, de Imabari (Ehime) anunciou na quinta-feira (27), que um dos tripulantes, indiano, morreu no incêndio ocorrido no seu navio cargueiro Fremantle Highway, do Panamá, na madrugada de terça-feira, horário local (manhã de quarta-feira no Japão), na costa da Holanda.

Publicidade

Segundo informações da empresa havia mais 21 tripulantes, todos indianos, os quais foram transportados para um hospital. 

O navio cargueiro japonês tem cerca de 200 metros de comprimento e seguia da Alemanha para Singapura

O incêndio foi extinto depois de mais de 24 horas e a Guarda Costeira da Holanda informou no comunicado que a causa ainda não era conhecida. Mas, há outra informação de que o incêndio tenha sido causado por alguns veículos elétricos (VE) a bordo.

De acordo com a Kawasaki Kisen, com sede em Tóquio, que fretou o navio de transporte, havia 3.783 veículos a bordo.  

Não foi confirmada mancha de óleo ou derramamento no incêndio. Mas, perto do local está o Mar de Wadden (ou Frísio), o lar de mais de 10 mil espécies e está registrado como Patrimônio Natural da Humanidade pela UNESCO.

A mídia holandesa publicou que se o navio cargueiro afundar causará uma catástrofe nesse ecossistema

Assista ao vídeo do combate ao incêndio ao navio, feito pela Guarda Costeira da Holanda (Kustwacht Nederland).

Fontes: Asahi e Sankei

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!