Japão: aumento recorde de voos vindos do exterior

Neste verão, o número de voos com destino ao Japão atingirá nível recorde. Veja mais.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Neste verão, o número de voos com destino ao Japão atingirá nível recorde (imagem ilustrativa)

O número de voos internacionais regulares com destino ao Japão poderá atingir um recorde de 5.169 por semana neste verão, de acordo com o Ministério dos Transportes.

Publicidade

Como resultado do crescimento do número de turistas estrangeiros no Japão, as grandes empresas aéreas e as do orçamento no país vêm aumentando o fluxo de voos. Empresas estrangeiras, incluindo as sul-coreanas, também estão aumentando a quantidade de voos ao arquipélago japonês.

O número de voos de passageiros e de carga ao Japão poderá ter uma alta de 3.2% em comparação ao ano anterior e de 2.5% em comparação ao inverno de 2016.

As empresas aéreas estrangeiras estão ficando mais agressivas. Em particular as empresas aéreas de baixo custo da Coreia do Sul, incluindo a Jeju Air e a Air Busan, estão adicionando mais voos. Neste verão, empresas sul-coreanas vão operar juntas um total de 882 voos por semana, cerca de 20% a mais em comparação ao ano passado. Voos estão aumentando principalmente em rotas que ligam grandes destinos no Japão a locais na Coreia do Sul como Busan e Incheon.

Em termos de destinos no Japão, o número é fragmentado. Enquanto mais voos vão aterrissar nos aeroportos de Narita (Chiba) e Haneda (Tóquio), aqueles nas áreas central e oeste do país receberão menos voos do exterior. No total, metade dos voos internacionais ao Japão vai aterrissar em Narita ou Haneda, refletindo uma contínua demanda de pessoas em negócios na grande área de Tóquio.

Fora da grande área de Tóquio, o Aeroporto New Chitose (Hokkaido), o Aeroporto de Naha (Okinawa) e outros aeroportos regionais, receberão 10% a mais de voos neste verão em comparação ao ano passado. Empresas aéreas estrangeiras estão expandindo suas redes, lançando rotas com destino a aeroportos japonese menores. A China Eastern Airlines inaugurou uma nova rota entre New Chitose e Nanjing.

Fonte: Nikkei
Imagem: Bank Image

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Coreia do norte iniciará produção em massa de mísseis balísticos

Publicado em 23 de maio de 2017, em Sociedade

Após o lançamento bem-sucedido do míssil neste domingo, Kim Jong-Un aprovou produção em massa do mesmo míssil. Veja mais.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem/Reprodução: Sputnik News

Neste domingo (21), a Coreia do Norte lançou um míssil balístico a partir das proximidades de Pukch’ang kun, província a oeste de Pyongyang. Segundo o exército sul-coreano, o míssil atingiu uma altitude de 560km e caiu no Mar do Japão, percorrendo uma distância de 500km. O míssil lançado semana passada percorreu cerca de 700 km.

Publicidade

Na manhã de segunda-feira (22), através de uma mídia nacional, a Coreia do Norte e Kim Jong-Un anunciaram que obtiveram sucesso no teste de lançamento do míssil “Pukguksong-2”, um míssil balístico de médio alcance lançado de submarinos.

O Rodong Sinmun, uma mídia nacional da Coreia do Norte, publicou uma matéria de 3 páginas com fotos do momento do lançamento. O míssil, que foi lançado de uma plataforma de lançamento móvel, foi impulsionado a partir de processos de combustão após ter sido impulsionado por gases e outros. Também foram publicadas imagens do percurso do míssil tiradas por uma câmera acoplado a ele.

Além disso, Kim Jong-Un comentou que o míssil balístico de alcance intermediário “Hwasong-12”, lançado no dia 14 deste mês, “possui um alcance limitado aos quarteis generais do Comando do Pacífico dos EUA no Alasca e Miami”. O Líder Supremo da Coreia do Norte também afirmou: “Iremos diversificar e sofisticar ainda mais nossas forças nucleares”, e, atualmente, segundo o site Sputnik News, a produção em massa do Pukguksong-2 foi aprovada.

Exército sul-coreano declara que o Norte ofereceu informações importantes

Em relação ao pronunciamento de sucesso do teste de lançamento do míssil “Pukguksong-2”, Roh Jae-cheon, chefe das relações públicas do Estado Maior Conjunto do exército sul-coreano, durante uma coletiva de imprensa nesta segunda-feira (22), explicou: “Através do teste de lançamento de domingo, o Norte ofereceu informações significativas sobre sua tecnologia de mísseis.”

Por outro lado, Roh comentou que são necessárias verificações adicionais para comprovar se o míssil conseguiu estabilizar a ogiva e entrar na atmosfera.

Fonte: NHK News

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância