Polícia de Aichi alerta sobre roubos de casas, carros e bicicletas

Polícia de Aichi emitiu informativo sobre roubos de casas, carros e bicicletas. Veja as dicas de segurança e proteja-se.

O Departamento de Polícia de Aichi emitiu um informativo sobre segurança e prevenção a roubos.

Publicidade

Segundo o informativo, a Província de Aichi registrou o maior número de assaltos à residências no Japão, ficando por 10 anos consecutivos em primeiro lugar.

Algumas dicas de segurança da polícia:

  • Verifique sempre se as portas e janelas estão devidamente trancadas
  • Utilize travas adicionais de segurança
  • Instale câmeras de segurança, alarmes e iluminação com sensores de movimento
  • Se possível deixar a área externa da casa iluminada
  • Sempre fechar o shatta (porta corrediça das janelas)
  • Cascalho ou pequenas pedras em volta da casa ajudam a saber quando há intrusos

No caso de roubos de carros, os modelos preferidos pelos criminosos são Land Cruiser, Lexus e Prius, segundo a polícia. A dica é instalar mais de um sistema de segurança nos carros.

Instalação de trava de direção e de pneus também são indicadas. E um parafuso contra roubos de placas também é indicado aos proprietários de veículos.

Câmeras de segurança e sensores no estacionamento ajudam a prevenir roubos.

Para bicicletas e motos, a recomendação é utilizar travas resistentes, com bloqueio múltiplo. E sempre deixar em estacionamentos próprios ou locais visíveis.

Abaixo o informativo da Polícia de Aichi.

Fonte: Departamento de Polícia de Aichi

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Conheça a espetacular pesca milenar: Nagaragawa Ukai (vídeo)

Publicado em 12 de maio de 2017, em Turismo em Gifu

A temporada da pesca artesanal milenar – Nagaragawa Ukai – segue até outubro. Confira para agendar esse passeio imperdível.

Espetáculo imperdível chamado Nagaragawa Ukai (divulgação)

A temporada da pesca artesanal milenar chamada de Nagaragawa Ukai, na cidade de Gifu (província homônima), continua no verão, até o final de outubro.

Publicidade

Esse espetáculo tem uma história de mais de 1.300 anos e é considerado Patrimônio Folclórico Cultural Intangível e Importante.

Essa pesca artesanal e folclórica é praticada no Japão há milênios e pode ter vindo da China. Os pescadores vestidos de preto com uma espécie de saia de elementos da natureza, usam habilmente os corvos-marinhos para realizar a pesca. A isso chama-se 鵜飼 (ukai).

ayu assado só com sal: prato apreciado pelos japoneses (Wikipedia)

corvo-marinho, adestrado para o espetáculo (divulgação)

Significado do ukai

鵜 (u) é o corvo-marinho ou biguá como é conhecido no Brasil e 飼 (kai) é o pastoreamento ou a habilidade de conduzir. Os corvos-marinhos são presos por uma corda e o pescador a manuseia para eles poderem mergulhar e trazer o 鮎 (ayu), um peixe nativo do Sudeste Asiático, muito apreciado pelos japoneses.

O ayu tem carne branca, considerada doce e é servido de várias formas. Na primavera-verão, o ayu é preparado só com sal e assado na brasa, o que acentua o sabor do pescado de água doce.

Ukai: espetáculo imperdível com as aves, fogo e água

O longo Rio Nagara (長良川) tem sua fonte em Gujo (Gifu) e percorre em curvas pelas províncias de sua nascente e Mie. As águas limpas do Rio Nagara recebem o Ukai em 2 pontos: cidades de Gifu e Seki. Os pescadores, que também são os cuidadores dos corvos-marinhos, chegam com eles dentro de um grande cesto de bambu. Depois, passam uma espécie de corda feita com cerdas naturais no pescoço deles, ajustando-as de acordo com o estado físico de cada um dos corvos-marinhos. Colocam fogo nas madeiras para depositá-las no local apropriado em cada um dos 6 barcos de madeira.  

Assim, dá-se início ao espetáculo milenar. Cada um dos hábeis pescadores, em seus respectivos barcos longos e estreitos, seguram as cordas com uma mão e maneja-as com a outra, de forma a não embaraçar, e poder conduzir os corvos-marinhos para a pesca. Os corvos-marinhos mais experientes conhecem a água e pescam com mais facilidade. Cada um dos barcos tem 3 pessoas: o pescador e os que manejam os remos para conduzi-los. Ao final de cada espetáculo os corvos-marinhos recebem um ayu como alimento por terem se esforçado.

O espetáculo pode ser apreciado de 3 formas:

  • Gratuitamente, de cima da ponte
  • Gratuitamente, da margem do Rio Nagara
  • Pelo barco de turistas, com tarifas de ¥3.400 (finais de semana e feriados) ou ¥3.100 (durante a semana) para adultos e ¥1.700 para crianças (abaixo do chugakko). Se quiser jantar durante o passeio, o obentô é pedido à parte na hora da reserva. Há planos de ¥5.000 e ¥8.000, incluindo um chá e a tarifa do passeio de barco. Há planos para quem quer alugar um barco exclusivo para grupo fechado

espetáculo imperdível no Japão – Nagaragawa Ukai (divulgação)

A reserva pode ser feita online (em inglês), através desse link, onde é possível visualizar se ainda há vaga: https://www.ukai-gifucity.jp/Ukai/e/ReserveSys/GUJW1200.asp?ID=6

Acompanhar a pesca artesanal com o barco de turistas permite ver os detalhes desse espetáculo. Fogo refletido na água e os movimentos hábeis dos pescadores manejando os corvos-marinhos, os quais mergulham e voltam com o ayu.  

Ao acompanhar o espetáculo o visitante tem a impressão que faz uma volta através do túnel do tempo, colocando-se no passado dos ancestrais. O campo de visão do Nagaragawa Ukai é totalmente diferente de quem o aprecia pela margem ou de cima da ponte.

A sugestão é de, pelo menos 1 vez, acompanhar o espetáculo com o barco e, depois sim, apreciar de cima ou da margem.

Para quem se preocupa com o Wi-Fi, o escritório informa que é possível mesmo de dentro do barco.

Informações do espetáculo Nagaragawa Ukai

  • Período: de 11de maio até 15 de outubro
  • Horários dos espetáculos: 18h15, 18h45 e 19h15 (convém chegar uns 30 minutos antes do horário de partida)
  • Endereço do local (toque aqui para abrir o mapa): Gifu-shi Minato-machi 1-2
  • Estacionamento: pode ser utilizado o do Parque Gifu (5 min. a pé), a ¥300
  • Noites chuvosas: mesmo com chuva o espetáculo é realizado. O barco de turistas é coberto. A interrupção ocorre quando há risco na tempestade

Assista ao vídeo para se encantar com essa arte folclórica.

 

Fonte e imagens: divulgação

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância