Coreia do Norte divulga fotos do lançamento do míssil Hwasong-12 que assustou o Japão

“É um prelúdio para conter ameaça Guam”, ameaçam os norte-coreanos em publicação nesta quarta-feira.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Fotos sequenciais do míssil que sobrevoou o Japão, divulgadas pela agência oficial de notícias KCNA

A Agência Central de Notícias da Coreia do Norte (KCNA) divulgou 12 imagens do lançamento do míssil de médio alcance Hwasong-12 que sobrevoou o Japão na terça-feira (29).  Foi “o primeiro passo para a operação militar no Pacífico e um prelúdio para conter a ameaça em Guam”, publicou a mídia oficial.

Publicidade

A matéria desta quarta-feira (30) mostra o líder norte-coreano Kim Jong-un liderando o lançamento e destaca que foi em represália ao exercício militar conjunto entre Coreia do Sul e Estados Unidos.

O míssil intercontinental de médio alcance Hwasong-12 atravessou o céu de Hokkaido no amanhecer de terça-feira. Foi lançado de Sunan, subúrbio de Pyongyang, às 5h57, caindo a 1.180 Km do Cabo Erimo (Hokkaido), no Pacífico.

A matéria informa que o líder norte-coreano afirma “serão implementados mais treinamentos para lançamentos de mísseis tendo como alvo o Oceano Pacífico”.

Emenda criticando Trump “continuamos observando o comportamento dos Estados Unidos. Decidiremos nossas ações baseadas nisso”.

O líder norte-coreano acompanhou o lançamento do míssil (reprodução/KCNA)

Japão na mira da Coreia do Norte?

Foi o quarto lançamento em 4 dias. Para relembrar, a primeira vez que um míssil norte-coreano sobrevoou o arquipélago japonês foi em 1998. A a última tinha sido em 2009.

O primeiro-ministro Shinzo Abe pronunciou logo após o lançamento dizendo que “é preciso aumentar a pressão”, se referindo à vizinha Coreia do Norte.

Solicitou reunião de emergência no Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU). Ela teve início pouco antes das 17h00 de 29 (6h do dia 30, horário Japão).

Segundo a estatal NHK foram ouvidas vozes como “condenamos fortemente a Coreia do Norte pelo lançamento do míssil que sobrevoou o Japão” ou “a atitude norte-coreana é uma ameaça para todos os países membros da ONU”.

Fontes: NHK e TBS
Fotos: reprodução KCNA

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Consumidores poderão sacar dinheiro em caixas de supermercado

Publicado em 30 de agosto de 2017, em Sociedade

O novo serviço estará disponível nos caixas de supermercados em cidades pequenas, onde os ATMs são escassos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O novo serviço estará disponível nos caixas de supermercados e lojas de eletrônicos em áreas mais afastadas, onde os ATMs são escassos (imagem ilustrativa/ YouTube/ikinamo)

Com início em abril do próximo ano, os consumidores poderão sacar dinheiro em certos caixas de estabelecimentos comerciais, soma que será retirada diretamente da conta bancária do usuário.

Publicidade

O novo serviço estará disponível nos caixas de pagamento de estabelecimentos comerciais, como supermercados e lojas de eletrônicos, e poderá estar em alta demanda para residentes em áreas rurais, onde os caixas eletrônicos (ATMs) são escassos. Contudo, os estabelecimentos deverão atualizar seus caixas para oferecer o serviço e algumas questões terão que ser tratadas antes do serviço se tornar comum no Japão.

Muitas instituições financeiras no Japão já oferecem um serviço de cartão de débito (J-Debit) com o pagamento debitado diretamente das contas bancárias dos consumidores. Com a aplicação do sistema, os clientes poderão sacar dinheiro no caixa, com a quantia retirada diretamente de suas contas pessoais.

A quantia pode ser sacada em uma única transação que, provavelmente, será estabelecida a partir de 1.000 ienes a dezenas de milhares de ienes. A tarifa para o cliente usar o serviço vai variar em cada estabelecimento comercial, mas é provável que seja gratuita ou a mesma cobrada nos caixas eletrônicos (ATMs).

Nesta primavera, a Agência de Serviços Financeiros revisou os regulamentos bancários a fim de melhorar a conveniência para os clientes, permitindo a eles sacarem dinheiro em locais além de bancos e caixas eletrônicos.

Dentre os principais bancos, o Mizuho Bank decidiu introduzir o serviço.

Nos Estados Unidos esse tipo de serviço já é comum. Em Manhattan (Nova York) os consumidores, normalmente, visitam um mercado para sacar cerca de 100 dólares (11.000 ienes) ou menos. Algumas pessoas sacam dinheiro quando fazem compras, já outras acham inconveniente ir até os ATMs, disse o proprietário de uma loja.

Atualmente há cerca de 560.000 terminais J-Debit em todo o Japão, em locais que incluem lojas de departamento e de eletrônicos. No Japão, o dinheiro contou por cerca da metade de todos os pagamentos para compras pessoais no ano fiscal de 2015, de acordo com uma das principais operadoras de cartão de crédito, a Credit Saison Co.

Muitos consumidores continuam pagando em dinheiro devido à preocupação sobre possíveis vazamentos de informação pessoal com o uso de cartões de crédito e dinheiro eletrônico. Portanto, um certo nível de exigência é esperado para o serviço de saque de dinheiro nos caixas de estabelecimentos comerciais.

Fonte: Yomiuri
Imagem: Bank Image

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância