Imperador Akihito e imperatriz Michiko visitarão a região de Kyushu

O casal imperial japonês visitará áreas em Kyuhsu duramente atingidas por recentes chuvas torrenciais para oferecer encorajamento àqueles afetados pelo desastre.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O casal imperial japonês visitará áreas em Kyuhsu duramente atingidas por recentes chuvas torrenciais para oferecer encorajamento àqueles afetados pelo desastre (ANN)

O imperador Akihito e a imperatriz Michiko estão planejando visitar, no final de outubro, áreas no sudoeste do Japão duramente atingidas por recentes chuvas torrenciais para oferecer encorajamento àqueles afetados pelo desastre, disseram na quarta-feira (16) fontes afiliadas à Agência da Casa Imperial.

Publicidade

Eles também estão considerando visitar pequenas ilhas na região em meados de novembro, segundo fontes, em um plano que poderia ajudar a realizar o desejo do imperador de conhecer os moradores de ilhas remotas e cumprir seu papel constitucional como símbolo de estado.

Visita antes da abdicação do imperador

A agenda do casal octogenário está sendo organizada refletindo seu forte desejo de visitar tais áreas e antes da abdicação do imperador, que poderá ocorrer até dezembro do próximo ano, segundo fontes.

O imperador disse em uma mensagem de vídeo, transmitido em agosto de 2016, que acredita ser necessário para ele ter um “profundo entendimento das pessoas” para executar seu papel como símbolo do estado e, nesse aspecto, ele sentiu que viajar a vários locais em todo o Japão, principalmente a ilhas remotas, são atos “importantes”.

A mensagem levou o parlamento da nação a adotar uma lei em junho deste ano a qual permite que Akihito seja o primeiro imperador a abdicar ao trono em 200 anos.

A agência está agora organizando para que o imperador e a imperatriz visitem no dia 27 de outubro áreas que foram atingidas pelas fortes chuvas nas províncias de Fukuoka e Oita no início de julho, visto que eles estão profundamente preocupados sobre os danos causados pela calamidade, segundo fontes.

Em relação à visita planejada a pequenas ilhas na província de Kagoshima, a agência está fazendo as preparações com o governo provincial e escritórios de municípios locais para fixar datas de viagem que os levariam à ilha de Yaku e o grupo de ilhas Amami, de acordo com fontes.

“Será uma viagem para demonstrar os pensamentos do imperador para as pessoas nas ilhas, como aqueles expressados na mensagem transmitida no ano passado, antes de sua abdicação”, disse um alto funcionário da agência.

Fonte: Japan Today, Kyodo
Imagem: ANN

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

EUA pedem que América Latina corte laços com a Coreia do Norte

Publicado em 18 de agosto de 2017, em Notícias do Mundo

Os EUA pediram ao Chile, Brasil, México e Peru que quebrem todos os laços diplomáticos e comerciais com a Coreia do Norte.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O vice-presidente dos EUA, Mike Pence, pediu ao Chile, Brasil, México e Peru que quebrem todos os laços diplomáticos e comerciais com a Coreia do Norte (NHK)

O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, pediu que as nações da América Latina cortem relações com a Coreia do Norte para isolar o país, visto que Pyongyang está acelerando seu desenvolvimento nuclear e de míssil.

Publicidade

Pence está visitando a América Latina. Na quarta-feira (16), ele realizou uma conferência de imprensa junto com a presidente chilena Michelle Bachelet após eles discutirem as questões de comércio bilateral, Coreia do Norte e Venezuela.

Pence disse que os EUA colocam grande importância no permanente isolamento diplomático do regime de Kim Jong-un.

Ele disse que os EUA pedem ao Chile, Brasil, México e Peru que rompam todos os laços diplomáticos e comerciais com a Coreia do Norte.

Pence revelou que pediu ao governo chileno que reclassificasse como produto de luxo o vinho que o país exporta, que seria banido sob as sanções das Nações Unidas contra a Coreia do Norte.

As resoluções das Nações Unidas não categorizam o vinho como um produto de luxo, mas muitos países têm proibido sua exportação para a Coreia do Norte.

A administração dos EUA enviou seus altos funcionários a países em todo o mundo a fim de pressionar as nações a não aceitarem trabalhadores norte-coreanos e cortar relações de negócios.

Fonte e imagem: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância