Terremoto de M7.1 no México deixa pelo menos 138 mortos

Estimativas indicam que pelo menos 138 pessoas morreram no forte terremoto no México, além de destruição por toda a capital. Veja mais.

Por volta das 13h14 do dia 19 (3h14 do dia 20 no horário japonês), o México foi atingido por um forte terremoto. Segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos, o epicentro do terremoto de magnitude 7.1 foi na cidade de Puebla, ao sul do México, e tremores secundários foram observados em uma vasta área. Estima-se que a profundidade do terremoto equivale a 51km.

Publicidade

De acordo com as mídias locais, esse terremoto deixou ao menos 138 mortos e muitos prédios foram destruídos. Segundo relatos das autoridades divulgados pela Reuters, houve a incidência de incêndio em inúmeros edifícios e ainda há pessoas presas dentro deles.

Após o terremoto, o presidente Peña Nieto publicou em seu Twitter que convocaria um comitê de emergência para adiantar a estimativa de danos.

No mesmo dia, foi realizado um treinamento de evacuação e um memorial às vítimas do Sismo da Cidade do México de 1985, que deixou mais de 10.000 vítimas há exatos 32 anos. O terremoto ocorreu após 2 duas horas do término do treinamento de evacuação de grande escala.

Segundo terremoto forte em setembro

Na madrugada de 7/set, o sul do México foi atingido por um grande terremoto de magnitude 8.1, o maior já observado em 100 anos, e 98 pessoas morreram. Segundo as mídias locais, mais de 60 mil casas e habitações sofreram danos. O canal americano CNN divulgou imagens de civis ajudando nas operações de resgate e de grandes edifícios desabando.

Na cidade de Puebla, próxima ao epicentro deste terremoto, o terremoto causou danos gravíssimos à cidade, principalmente pela destruição de igrejas e escolas.

Prédios destruídos na capital

Segundo os canais televisivos do México, muitos prédios desabaram na Cidade do México, gerando muitos danos. Veículos esmagados por tijolos e outros materiais, paredes totalmente destruídas e caos local formaram a situação desesperadora. As estradas foram tomadas pelo imenso número de pessoas evacuando dos prédios e os feridos foram tratados por membros da equipe de resgate.

As operações de resgate continuam e os próprios civis estão ajudando as autoridades.

Fonte: NHK News e Asahi Shimbun

Salvar

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Taiwan suspende exportações de petróleo para a Coreia do Norte

Publicado em 20 de setembro de 2017, em Ásia

A medida de Taiwan é amplamente simbólica, feita para mostrar que a ilha é um membro responsável da comunidade internacional.

Cidade de Pyongyang, Coreia do Norte. Ao fundo, o hotel Ryugyong (Wikimedia/Uri Tours)

De acordo com a reportagem da Reuters, Taiwan suspendeu as exportações de petróleo refinado e de gás natural liquefeito (GNL) para a Coreia do Norte, assim como a importação de vestuário e têxteis, para cumprir com as resoluções das Nações Unidas, uma medida amplamente simbólica feita pela ilha para mostrar que é um membro responsável da comunidade internacional.

Publicidade

Taiwan, que escolhe seu próprio governo e controla suas próprias atividades, não é um membro das Nações Unidas devido à posição de Pequim que é simplesmente uma província chinesa e, sendo assim, não tem capacidade de ter seus próprios laços diplomáticos oficiais com ninguém.

Contudo, a orgulhosamente democrática Taiwan aprecia mostrar que segue as normas internacionais, apesar de sua falta de adesão às Nações Unidas.

No dia 11 de setembro, o Conselho de Segurança das Nações Unidas intensificou, de forma unânime, sanções contra a Coreia do Norte em relação aos seu sexto e mais poderoso teste nuclear realizado em 3 de setembro, impondo uma proibição sobre as exportações de têxteis da nação isolada e limitando as importações de petróleo bruto.

Para complementar as medidas das Nações Unidas, Taiwan disse que suspenderia as exportações de gás natural, petróleo bruto e produtos de petróleo refinado para a Coreia do Norte com efeito a partir de terça-feira (19), informou o ministério da economia em uma declaração.

Taiwan vai suspender as importações de vestuário e produtos têxteis relacionados da Coreia do Norte, salientou, dizendo que pactos escritos feitos antes de 11 de setembro prevaleceriam para importações até 10 de dezembro, desde que uma permissão especial seja obtida do escritório de negócios.

Coreia do Norte e Taiwan têm apenas uma minúscula relação de negócios. Taiwan diz que suas exportações para a Coreia do Norte nos primeiros 6 meses deste ano foram de somente $36.575, uma queda anual de mais de 90 por cento.

Na semana passada, a Coreia do Norte lançou um míssil que sobrevoou a ilha de Hokkaido, no Japão, e caiu no Pacífico, logo após seu maior teste nuclear realizado neste mês.

Fonte: Reuters
Imagem: Wikimedia

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
Empregos no Japão - HUMAN