Aluguel de cabras vira tendência entre as famílias japonesas

O pequeno animal é muito fácil de ser criado, ajuda na limpeza do quintal e come as ervas daninhas e plantas indesejadas. Veja mais!

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Cabra rara nascida na Green Farm em 2014 (esq), e as filhas do Sr. Niimori alimentado as cabras (dir)

Que tal alugar (ou até comprar) uma cabra e a criar dentro de sua casa? Muitas organizações municipais e indústrias usam esses pequenos animais para acabar com as ervas daninhas e plantas indesejadas. Contudo, a situação mudou de alguns para cá. Atualmente, 80% dos pedidos de cabras vêm de famílias comuns. Qual será o motivo?

Publicidade

Cabras: o novo animal de estimação?

A fim de informar o caso mais a fundo, o noticiário da ANN filmou o cotidiano de uma família de Tóquio que cria duas cabras. As cabras vivem no quintal da residência há cerca de 2 meses.

“É de aluguel. Eu escutei que estava na moda há um tempo. Acho muito amável quando cuido delas.”, disse Tetsuaki Niimori, pai da família e responsável pelas cabras.

Segundo a fazenda de Nagano que oferece o aluguel das cabras, a maioria das pessoas costuma pensar que as empresas e organizações municipais utilizam o serviço mais do que as famílias comuns, mas a situação é totalmente inversa.

“Tivemos um total de 136 cabras emprestadas neste ano fiscal, e mais ou menso 80% foram para famílias.”, disse Yuko Komatsu, funcionário da Sanchoku Ichiba Green Farm, em Nagano.

O período do aluguel das cabras, a princípio, se estende por 3 meses. A taxa de empréstimo na primeira vez custa ¥3.000. A taxa de extensão custa ¥1.000 por mês.

Em primeiro lugar, as cabras eram animais próximos que eram criadas por qualquer fazendeiro, e são relativamente amigáveis e fáceis de serem criadas. E também ajudam na limpeza do quintal porque comem as ervas daninhas.

O Sr. Niimori, quando vai buscar suas filhas do ônibus escolar, leva consigo as cabras que ele cria. Suas duas filhas gostam bastante delas e ajudam a alimentá-las.

“Eu não sabia se conseguiria criar as cabras. Pensei que poderia testar se as alugasse. Pode ser que eu as compre posteriormente”, disse Niimori.

Como alugar ou comprar uma cabra?

Como citado anteriormente, a Green Farm de Nagano realiza o empréstimo e compra desses pequenos animais. Caso tenha interesse, clique aqui e abra a homepage oficial com todas as informações (link em japonês).

O site da DMM também oferece o aluguel das cabras. O World Ranch, situado em Osaka, disponibiliza o aluguel/compra de cabras e ovelhas. Clique nos nomes das empresas citadas para abrir o site com mais informações (links em japonês).

Fonte: ANN News

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

O velho iPhone 7 está vendendo mais que o iPhone 8

Publicado em 18 de outubro de 2017, em Tecnologia

Os novos iPhone 8 e iPhone 8 Plus estão vendendo menos do que o modelo anterior, segundo pesquisa. Veja mais.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem Ilustrativa (Fonte: Digital Trends)

Costumeiramente, a Apple não divulga as vendas de seus produtos. Contudo, segundo a pesquisa realizada por John Vinh, analista da KeyBanc Capital Markets, estima-se que as vendas da linha do iPhone 8 estão em um ritmo lento e baixo.

Publicidade

Segundo sua pesquisa em lojas físicas, as vendas do iPhone 7 superam as do iPhone 8. Normalmente, instantes após o início das vendas do novo modelo, os estoques das Apple Stores ficam esgotados em poucas horas. Entretanto, praticamente em todas as lojas é possível comprá-los sem nenhum problema com disponibilidade. Este ano a situação não foi nada favorável para a maçã.

“Vendo a reação das pessoas, a maioria dos clientes preferem comprar o iPhone 7 já que não houve grandes mudanças para o iPhone 8.”, explica Vinh.

Obviamente, o iPhone 8 trouxe mudanças como seu processador de performance equivalente a de um computador e suporte para carregamento wireless. Contudo, a reação do público a essas mudanças foi mínima. Além disso, o fato de praticamente todas as funcionalidades poderem ser utilizadas no novo update do iOS pode estar impactando negativamente nas vendas do novo iPhone.

Fora isso, os preços baixíssimos do iPhone 7 após o anúncio do iPhone 8 estão funcionando como um freio. No caso do Japão, considerando que o preço do iPhone 8 64GB custa ¥78.800, os ¥61.800 do iPhone 7 32GB não estão tão salgados. Aparentemente, a maioria dos clientes não estão dispostos a pagarem a diferença de ¥17.000 no novo aparelho.

Em relação ao custo-benefício e satisfação, os clientes não estão mais dispostos a pagar preços exorbitantes no iPhone, cuja tendência está cada vez mais crescente.

No pano de fundo disso tudo, também há o iPhone X, que será vendido em 3/nov (sexta-feira). Aparentemente, muitos clientes estão esperando o lançamento do modelo comemorativo para trocar de celular. Contudo, segundo outras pesquisas e notícias, o salgado preço de US$1000 (aprx. ¥110.000) está repelindo muitos clientes, logo o sucesso de vendas do iPhone X em seu lançamento continua uma incógnita.

Mesmo os amantes da Apple estão pensando duas vezes antes de investir mais de ¥100.000 em um celular.

Fonte: Reuters via Giganize

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância