Donald Trump fará primeira visita ao Japão

A visita do presidente americano Donald Trump ao Japão faz parte de um tour em cinco nações asiáticas.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Shinzo Abe e Donald Trump apertam as mãos em um encontro no dia 17 de novembro de 2016 (Wikimedia/Government of Japan)

Donald Trump fará, a partir de 5 de novembro, sua primeira visita ao Japão desde que assumiu o cargo de presidente dos Estados Unidos em janeiro. Essa visita faz parte de um tour em cinco nações asiáticas, anunciou a Casa Branca na segunda-feira (16).

Publicidade

De acordo com fontes do governo japonês, a previsão é que Trump realize uma cúpula bilateral com o primeiro-ministro Shinzo Abe em 6 de novembro.

Trump também poderá se encontrar no mesmo dia com parentes de cidadãos japoneses raptados pela Coreia do Norte há algumas décadas, disseram fontes.

Os parentes dos raptados podem incluir os pais de Megumi Yokota, que foi sequestrada pela Coreia do Norte em 1977 aos 13 anos de idade, de acordo com fontes.

Trump mostrou forte interesse na questão do rapto em seu discurso no mês passado durante a Assembleia-Geral das Nações Unidas.

“Sabemos que ela (a Coreia do Norte) raptou uma doce menina japonesa de 13 anos que estava em uma praia em seu próprio país para escravizá-la como instrutora de idioma para espiões da Coreia do Norte,” disse Trump no discurso, aparentemente se referindo à Yokota.

Através do encontro com parentes daqueles que foram raptados pela Coreia do Norte, Trump espera compartilhar problemas com o Japão e confirmar a cooperação bilateral em relação à questão de rapto.

Além do Japão, Trump passará pela Coreia do Sul, China, Vietnã e Filipinas.

Fonte: Jiji
Imagem: Wikimedia

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Bitrem pode ser a salvação para as transportadoras

Publicado em 17 de outubro de 2017, em Sociedade

Para suprir a falta de mão de obra do setor, uma transportadora desenvolveu um bitrem de 25 metros de comprimento. Já iniciou o transporte como teste.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Início da operação com o bitrem desenvolvido em conjunto entre Fukuyama e Nippon Trex (CBC TV)

O setor de logística é um dos mais afetados pela falta de mão de obra no país. Bitrem não é novidade para o público brasileiro, pois a legislação aprova até outros tipos de cargueiros, como tritrem, treminhão e rodotrem, desde que o comprimento não ultrapasse 30 metros e outras especificações, como peso por eixo ou peso da carga bruta.

Publicidade

No Japão, a legislação permite o tráfego de caminhões de grande porte, com até 21 metros. No entanto, a Fukuyama Untsu, de Aichi, criou uma espécie de bitrem, com 25 metros de comprimento. Foi batizado de double renken truck (ダブル連結トラック) ou caminhão com dupla conexão.

Bitrem melhora a produtividade

Com esse bitrem, a companhia de transportes espera resolver uma parte do problema com a escassez de recursos humanos. A operação experimental iniciou na segunda-feira (16), com autorização ministerial.

O ministério considera mudar a lei, aumentando o comprimento para 25 metros. Se a experiência da Fukuyama Untsu der certo e, com a mudança na lei, a companhia pretende colocar 200 bitrens no ano que vem.

Bitrem com 6 eixos, 25 metros de comprimento, da Fukuyama, entrou em fase experimental (CBC TV)

Eles permitirão transportar até 1,8 mais de carga, quase o dobro, melhorando a produtividade do motorista.

Bitrem requer outra licença

Para facilitar as curvas nas rodovias japonesas, a Fukuyama pediu para a Nippon Trex desenvolver um eixo das rodas traseiras que permite mobilidade introduzindo ângulo.

Além da carta de motorista para caminhão de grande porte é necessária a licença para dirigir reboques ou veículos de carga acima de 750Kg, chamada de ken-in menkyo (けん引免許).

Licença especial para dirigir bitrem e outros veículos de carga acima de 750 Kg como reboque, ônibus duplo, etc.

Fonte e foto: CBC TV

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância