Agência Meteorológica faz alerta sobre vulcão em Gunma

O vulcão entrou em erupção um pouco antes das 10h de terça-feira. Rochas vulcânicas foram lançadas por mais de 1Km a partir da cratera.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Segundo a AMJ, 625 terremotos vulcânicos foram detectados na montanha na terça-feira (NHK/reprodução)

A AMJ- Agência Metorológica do Japão continua alertando as pessoas, pedindo que não se aproximem do vulcão que entrou em erupção na terça-feira (23) na província de Gunma.

Publicidade

A AMJ manteve o nível de alerta vulcânico para o Monte Kusatsu-Shirane a 3, em uma escala que vai até 5, dizendo que outras erupções podem ocorrer. Há risco de rochas serem expelidas pelo vulcão dentro de um raio de cerca de dois quilômetros a partir do Kami-ike.

Segundo a AMJ, 625 terremotos vulcânicos foram detectados na montanha na terça-feira, incluindo 159 entre as 10h e 11h.

Nenhum terremoto vulcânico ou tremor foram observados desde as 5h desta quarta-feira (24).

A AMJ pede atenção das pessoas em relação a pequenas rochas vulcânicas, cinzas, vibrações aéreas e gás vulcânico. Ela planeja intensificar o monitoramento nesta quarta-feira.

O vulcão entrou em erupção um pouco antes das 10h de terça-feira. Foi confirmado que rochas vulcânicas foram lançadaspor mais de um quilômetro a partir da cratera.

Cinzas vulcânicas caíram em uma cidade a cerca de oito quilômetros ao nordeste da cratera. Uma pessoa morreu e 11 ficaram feridas em consequência da erupção.

Fonte e imagem: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Os passaportes mais poderosos do mundo 2018

Publicado em 24 de janeiro de 2018, em Notícias do Mundo

O Henley and Partners lista os passaportes do mundo de acordo com o número de países que seus portadores podem viajar sem a necessidade de visto.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Portadores de passaporte alemão têm acesso a 177 países sem a necessidade de visto

A Alemanha continua tendo o passaporte mais poderoso do mundo, de acordo com o Henley Passport Index 2018, divulgado no início de janeiro.

Publicidade

Este é o quinto ano consecutivo em que o país europeu ficou no topo da lista da Henley, que leva em consideração o número de países que um portador de passaporte pode visitar sem ter um visto.

O ranking tem base em dados da Associação Internacional de Transporte Aéreo, que mantém o maior e mais compreensivo banco de dados de informações de viagens do mundo.

Cidadãos da Alemanha podem agora visitar 177 países, alta de um em comparação a 2017, de acordo com o relatório.

Em outubro, uma lista separada, o Global Passport Power Rank, produzido pela empresa de assessoria Arton Capital, nomeou Singapura como a que tem o passaporte mais poderoso no mundo. Contudo, desde então, a Alemanha recuperou sua posição de topo naquele ranking também, solidificando sua posição.

O Brasil ficou em 18º lugar no ranking dos passaportes mais poderosos do mundo juntamente com a Argentina, tendo acesso sem visto a 158 países.

Abaixo os 15 níveis de passaportes mais poderosos (a lista completa você pode ver aqui), com base no número de países que seus portadores podem visitar sem ter visto, de acordo com a Henley:

  1. Alemanha (177)
  1. Singapura (176)
  1. Dinamarca, Finlândia, França, Itália, Japão, Noruega, Suécia, Reino Unido (175)
  1. Áustria, Bélgica, Luxemburgo, Holanda, Espanha, Suíça (174)
  1. Irlanda, Coreia do Sul, Portugal, Estados Unidos (173)
  1. Canadá (172)
  1. Austrália, Grécia, Nova Zelândia (171)
  1. República Tcheca, Islândia (170)
  1. Malta (169)
  1. Hungria (168)
  1. Liechtenstein, Eslováquia, Eslovênia (167)
  1. Letônia, Lituânia, Malásia (166)
  1. Estônia (165)
  1. Polônia (163)
  1. Mônaco (162)

A Ucrânia (44º) e a Geórgia (53º) foram os que mais subiram na lista deste ano, aumentando em 15 e 14 classificações respectivamente, após suas recentes liberações de visto junto à União Europeia.

Paquistão, Síria, Iraque e Afeganistão continuam no final da lista do index pelo segundo ano consecutivo, com cada um tendo acesso a 30 países ou menos sem necessidade de visto.

Cristian H. Kälin, presidente do grupo Henley & Partners, acredita que a necessidade para acesso sem visto é maior do que nunca.

“Através do espectro econômico, indivíduos querem ultrapassar os obstáculos impostos sobre eles pelos seus países de origem e acessar oportunidades de negócios, financeiras, de carreira e estilo de vida em uma escala global”, disse ele.

“O Henley Passport Index mostra aos indivíduos onde eles estão no espectro da mobilidade global, revelando a força que seus passaportes têm em relação a outros passaportes”.

Fonte: Business Insider, Henley Passport Index
Imagem: Bank Image

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância