Rede Aeon reduzirá preços de 100 produtos

Produtos de marca própria, incluindo alimentos e itens de necessidade diária, terão reduções de 10% em média.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Muitas redes de lojas e supermercados ainda resistem em aumentar os preços por medo de perder clientes

A economia japonesa está ganhando momento, os lucros estão a níveis recordes e as empresas estão dispostas a aumentar os salários – mesmo assim, redes de supermercados e restaurantes estão resistindo em aumentar os preços por medo de perder consumidores condicionados por cerca de duas décadas de deflação.

Publicidade

Muitas áreas do comércio veem preços mais baixos como essenciais para atrair os consumidores com o orçamento apertado.

A maior rede de lojas da nação, a Aeon Co., disse que suas reduções de preços sobre produtos de marca própria aumentaram os lucros no terceiro trimestre e na sexta-feira (12) anunciou que continuaria com os descontos em mais 100 produtos do dia a dia, de pão a detergente, em uma média de 10%.

A campanha de preços baixos de produtos de marca própria, a quarto do tipo, terá início na quarta-feira (17) em cerca de 2.800 lojas, incluindo os hipermercados Aeon e Daiei, em todo o Japão.

“Nossas rivais estão verificando os valores dos produtos de competidores e reduzindo os seus preços em resposta”, disse Soichi Okazaki, presidente da Aeon Retail. “Se não fizermos a mesma coisa, perdemos. Acredito que esse comportamento vai continuar”.

Fonte: Jiji, Reuters
Imagem: Bank Image

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Casados têm menos riscos de demência

Publicado em 15 de janeiro de 2018, em Comportamento

O risco da temida demência sobe para 42% entre os solteiros, indica resultado de pesquisa realizada entre mais de 800 mil pessoas.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Pessoas casadas têm menos risco de desenvolver demência (Pixabay)solteiro

Uma equipe de pesquisadores da University College London (UCL), no Reino Unido, divulgou o resultado sobre os estudos relacionados à temida demência, no final do ano passado.

Publicidade

Em comparação com pessoas casadas, o risco de desenvolver demência é 42% maior para as pessoas solteiras que nunca se casaram. Os viúvos também entram no grupo de risco, com 20% mais de chance, do que as pessoas casadas, concluiu a pesquisa.

A equipe analisou 15 pesquisas sobre casamento e demência divulgadas entre 1992 a 2016. Foram cerca de 812 mil pessoas pesquisadas. Apesar de maioria sueca, também foram pesquisados japoneses e americanos.

O risco de desenvolver demência foi mais elevado entre os solteiros, independente do sexo e da idade, seguido dos viúvos. Já os separados e divorciados entram no mesmo grupo dos casados, de menor risco.

Os fatores que aumentam os riscos não foram elucidados, mas a equipe de pesquisadores analisa que pode haver influências como o aumento do engajamento social que acompanha o casamento.

Fonte: Sankei
Foto: Pixabay

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância