Sobremesa que será servida após reunião intercoreana irrita o Japão

Tóquio apresentou um protesto porque a musse que será servida no jantar destaca um mapa da península coreana que inclui uma disputada ilha que é reivindicada pelo Japão.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Uma musse de manga foi escolhida como sobremesa (South Korean Government)

A escolha da Coreia do Sul de uma sobremesa para a histórica reunião intercoreana que será realizada na sexta-feira (27) deixou um gosto amargo no Japão.

Publicidade

Tóquio apresentou um protesto sobre a musse de manga planejada para o jantar entre o presidente sul-coreano Moon Jae-in e o líder norte-coreano Kim Jong-un porque o prato destaca um mapa da península coreana que inclui uma disputada ilha que é reivindicada pelo Japão. As ilhas ficam na metade do caminho entre os vizinhos do leste asiático no Mar do Japão, o qual Seul se refere como Mar do Leste (East Sea).

O Ministério de Relações Exteriores do Japão disse na quarta-feira (25) que Kenji Kanasugi, diretor-geral do Departamento de Assuntos Asiáticos e da Oceania, disse à Embaixada da Coreia do Sul que a inclusão de Takeshima, ou Ilha Dodko em coreano, era “lamentável” e “inaceitável”.

O Japão diz que a Coreia do Sul está ocupando ilegalmente a ilha rochosa que fica ao leste da península, e é uma questão que acidifica há muito tempo as relações entre os dois países.

Nenhum esforço poupado

Imagens divulgadas pela Coreia do Sul na quarta-feira mostram um mapa similar acima das cadeiras especialmente projetadas, onde sentarão Moon e Kim quando eles se encontrarem no lado sul da Zona Desmilitarizada que divide os dois países. O Japão também fez reclamações sobre isso.

As cadeiras especialmente projetadas também destacam um mapa com as ilhas disputadas (South Korean Government)

Seul não poupou esforços em suas preparações para a reunião, a primeira vez que líderes da Coreia do Norte e do Sul se encontram em mais de uma década.

Na sala na Casa da Paz onde eles se encontrarão, a mesa retangular normal foi substituída por uma oval. O escritório de Moon espera que o formato encoraje os participantes da reunião a conversarem de forma mais transparente.

Outro design destaca o foco sobre uma história compartilhada entre os dois países, incluindo a incorporação de elementos como um Hanok, uma casa tradicional coreana.

No jantar após a reunião, cada prato no cardápio virá com uma forte pitada de simbolismo.

Aos convidados serão servidos pratos das cidades natais de três presidentes sul-coreanos que acolheram reuniões intercoreanas.

Eles irão comer especialidades do extremo norte e sul da península coreana, incluindo noodles gelado, bolinhos e carne grelhada. Haverá até alimentos cuja origem é da zona desmilitarizada em si.

Fonte e imagens: CNN

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Gasolina mais cara no Golden Week

Publicado em 26 de abril de 2018, em Economia

O consumidor terá que desembolsar mais para abastecer o carro durante o feriado de Golden Week deste ano. Veja o preço médio mais caro esta semana.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Preço médio da gasolina mais caro em 41 províncias (JNN)

O preço médio do litro da gasolina comum subiu para 144,10 ienes, ou 80 centavos mais cara do que o verificado em 16 deste mês, anunciou a Agência de Energia e Recursos Naturais do Ministério da Economia, Comércio e Indústria, na quarta-feira (25).

Publicidade

Segundo a agência, durante o feriado de Golden Week deverá ter uma nova alta, onerando para o consumidor. O motivo do aumento é a alta dos preços do petróleo no mercado global.

No feriadão do ano passado o preço médio ficou na casa dos 130 ienes, o que significa um aumento de cerca de 10%.

De acordo com a pesquisa realizada pelo Centro de Informação do Petróleo, a alta dos preços é um reflexo do ataque a Síria pelos EUA, Grã-Bretanha e França. Além disso, estima-se que os preços continuarão a subir também pela confusa situação no Oriente Médio e o enfraquecimento do iene.

Em geral houve aumento nas 41 das 47 províncias. As que mais sofreram são Aomori, Gunma e Iwate, com alta de cerca de 2 ienes por litro.

O preço médio do litro da gasolina de alta octanagem é de 154,90 ienes e do óleo diesel é de 122,70.

Fontes: Sankei e JNN 
Foto: JNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância