China liberta 21 japoneses detidos

China teme que religiões possam ajudar a espalhar valores democráticos e o desejo de liberdade. Pessoas que se sentem excluídas do crescimento do país buscam salvação espiritual.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Os japoneses foram detidos na China entre os dias 5 e 15 de maio por supostas atividades religiosas (NHK)

Todos os 21 japoneses detidos no mês passado por supostas atividades religiosas na China foram libertados e retornaram ao Japão, divulgou a NHK.

Publicidade

Os japoneses foram detidos por autoridades chinesas em várias províncias, incluindo Heibei e Henan, entre 5 e 15 de maio sob suspeita de violação da lei nacional.

Eles foram acusados de se engajar em atividades religiosas, em violação a uma proibição sobre cidadãos estrangeiros realizando trabalhando missionários na China.

A libertação de cinco havia sido confirmada anteriormente.

A embaixada japonesa em Pequim confirmou depois que todos os detidos haviam retornado ao Japão após receberem um aviso do lado chinês de que o restante seria libertado até 1º de junho.

Aparentemente, a preocupação do governo chinês é que religiões possam ajudar a espalhar valores democráticos e o desejo de liberdade. Várias pessoas que se sentem excluídas do crescimento econômico do país estão buscando salvação espiritual.

Fonte e imagem: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Vietnamita com passado na polícia é preso por roubo

Publicado em 5 de junho de 2018, em Crime

Um homem de cidadania vietnamita foi preso por roubo de 200 mil ienes. Ele foi indiciado por outro caso em abril deste ano.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Salão de beleza onde o vietnamita invadiu e roubou 200 mil ienes (MBS)

A polícia anunciou na segunda-feira (4) a prisão de um homem de cidadania vietnamita Nguyen Chung Nhan, 29 anos, desempregado e suspeito de roubo.

Publicidade

Em 6 do mês passado ele teria invadido um salão de beleza em Nishinari-ku, cidade de Osaka (província homônima). Feriu a proprietária de 72 anos com faca, imobilizou os pés e mãos amarrando-os, para roubar 200 mil ienes.

Os policiais estavam à procura do autor do roubo quando viram um homem nas proximidades, com faca. Isso foi dois dias depois do roubo.

Mais tarde, na delegacia, ele acabou confessando que roubou o dinheiro da proprietária do salão.

Em abril deste ano, Nguyen entrou em um apartamento no bairro de Suminoe e roubou dinheiro. Foi indiciado por esse crime.

“Tenho uma dívida de mais de 1 milhão de ienes por conta dos jogos de azar”, teria justificado o reincidente.

Fonte e foto: MBS

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades