Acidente fatal na via expressa em Aichi

Um acidente violento tirou a vida de um motorista e 2 pessoas ficaram feridas. Foi na via expressa Ise Wangan.

Caminhão entrou em cheio no veículo kei, o qual ficou prensado no engavetamento (CBC TV)

Um caminhão provocou um engavetamento envolvendo 5 veículos, na via expressa Isewangan, em Aichi.

Publicidade

O acidente fatal ocorreu por volta das 16h de segunda-feira (9), perto do entroncamento de Toyoake. Segundo a polícia que atendeu o caso um caminhão de porte médio colidiu contra um veículo kei, durante o congestionamento. Esse, por sua vez, com o choque, foi empurrado e bateu no da frente gerando um efeito dominó. Foi a causa do engavetamento.

O motorista do veículo kei, assalariado Nobuhiko Zuirin, 45 anos, perdeu a vida. Seu carro ficou prensado e a foto mostra a violência do acidente. Outras duas pessoas, de outros veículos, tiveram lesões consideradas leves.

A polícia prendeu em flagrante o motorista do caminhão, Shinsuke Tateishi. Está sendo interrogado para apurar as circunstâncias do acidente.

A situação que ficou o veículo kei mostra a violência da colisão (telespectador da CBC TV)

Fontes: CBC TV e Tokai TV 
Fotos: CBC TV

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Número de mortos das fortes chuvas atinge o maior nível na Era Heisei

Publicado em 10 de julho de 2018, em Sociedade

A polícia, bombeiros e as Forças de Autodefesa continuam as buscas e operações de resgate, visto que muitas pessoas ainda estão desaparecidas.

O número de mortos atingiu o pior nível em decorrência de desastres relacionados às chuvas no período Heisei (ANN)

Até agora, foi confirmado um total de 141 vítimas fatais em decorrência das chuvas torrenciais que atingiram 12 províncias, principalmente no oeste do Japão, ao longo do final de semana, informaram autoridades locais e outras fontes na segunda-feira (9).

Publicidade

O número de mortos atingiu o pior nível em decorrência de desastres relacionados às chuvas no período Heisei, que iniciou em 8 de janeiro de 1989.

O nível mais alto anterior de vítimas de desastres ocasionados pelas chuvas, incluindo os desaparecidos, foi de 98, registrado em outubro de 2004 e novamente entre agosto e setembro de 2011, de acordo com dados do governo.

Visto que muitas pessoas ainda estão desaparecidas, a polícia, bombeiros e tropas das Forças de Autodefesa continuam as buscas e operações de resgate.

De acordo com a Agência de Gestão de Incêndio e Desastres, ordens de evacuação ou alertas haviam sido emitidos para cerca de 1,8 milhão de pessoas de 820 mil residências em 14 das 47 províncias do Japão desde as 17h30 de segunda-feira. Cerca de 11.200 pessoas estavam em centros de evacuação em 15 províncias.

Fornecimentos de água haviam sido interrompidos para 270 mil residências desde as 18h de segunda-feira, de acordo com o Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar.

Fonte: Jiji
Imagem: ANN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - junto a comunidade no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!