Tufão Mangkhut deixa rastros de destruição

Considerada tempestade mais forte do mundo deste ano, o tufão Mangkhut continuou seu caminho de destruição pelo Sudeste Asiático no fim de semana.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Veículos soterrados nas Filipinas (NHK)

A tempestade mais forte do mundo deste ano, o tufão Mangkhut, continuou seu caminho de destruição pelo Sudeste Asiático ao longo do fim de semana, alcançando a ilha principal da China na tarde de domingo (16) após atingir Hong Kong e deixar dezenas de mortos nas Filipinas.

Publicidade

A tempestade criou um rastro mortal pela região, deixando duas vítimas fatais no sul da China e pelo menos 54 nas Filipinas.

A maioria das mortes nas Filipinas foi causada por deslizamentos e dezenas de pessoas ainda podem estar soterradas, disseram autoridades do governo em uma conferência de imprensa no domingo (16).

Mais de 2.45 milhões de pessoas foram evacuadas da província de Guangdong na China quando o Mangkhut tocou o solo às 17h (horário local), de acordo com a mídia estatal chinesa.

Ventos de até 173Km/h e rajadas de até 223Km/h foram registrados, mais fortes que o furacão Florence que atingiu a Carolina do Norte no fim de semana. Não houve relatos de mortes em Hong Kong, uma cidade bem preparada para ciclones tropicais.

O Mangkhut estava se deslocando para o interior de Guangdong. Enquanto a tempestade tenha enfraquecido, um alerta ainda estava em vigor na noite de domingo, o que significa que ventos com velocidades de até 63Km/h poderiam ser sentidos.

Número de mortos nas Filipinas pode aumentar

As Filipinas foram o local mais atingido, com mais de 250.000 pessoas afetadas pela tempestade em todo o país, metade das quais estão buscando abrigo em centros de evacuação no norte do país.

Quando o Mangkhut tocou o solo das Filipinas na madrugada de sábado (15), por volta da 1h40 (horário local) a tempestade já sustentava ventos de até 270Km/h.

Enquanto o número atual de mortos seja de 54, com 32 pessoas feridas e outras 42 desaparecidas, isso poderá aumentar nos próximos dias, visto que equipes de resgate trabalham para localizar 36 pessoas que podem estar soterradas na Região Administrativa da Cordilheira, norte da Ilha de Luzon.

Vídeo da passagem do tufão por Hong Kong:

Fonte: CNN
Imagem: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Perda total no Porsche em chamas

Publicado em 17 de setembro de 2018, em Acidentes

Motorista se salvou do incêndio no Porsche, depois que o veículo deslizou na pista da via expressa em Kanagawa.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O fogo começou na parte traseira depois do choque contra a parede da via expressa (JNN)

Na via expressa Odawara Atsugi, por volta das 6h40 de domingo (16), alguém que trafegava viu o fogo e acionou o 119. O local é próximo à IC Odawara Higashi.

Publicidade

O incêndio foi contido cerca de 2 horas depois e o motorista de 52 anos se salvou. Teve apenas lesão na cabeça, mas conseguiu escapar antes que o fogo tomasse conta do seu carro.  

Segundo a polícia, o Porsche teve um deslizamento na pista quando bateu contra a parede da via expressa e parou.

Por conta do choque chamas começaram a sair pela parte traseira onde fica o motor.

Em função do acidente, um trecho da via expressa ficou impedido para o trânsito durante algumas horas.

Perda total no Porsche totalmente incendiado (ANN)

Fontes e fotos: ANN e JNN 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância