Governo de Minas confirma 7 mortes após rompimento de barragem

Conforme o comunicado, 9 pessoas foram retiradas da lama com vida e mais 100 que estavam ilhadas também foram resgatadas.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Nove pessoas foram retiradas da lama com vida e mais 100 que estavam ilhadas também foram resgatadas (Reuters/Washington Alves via Agência Brasil)

Uma nota divulgada na sexta-feira (25) pelo governo de Minas Gerais confirma sete mortes por causa do rompimento de uma barragem da Mina Feijão, na cidade de Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Publicidade

Conforme o comunicado, nove pessoas foram retiradas da lama com vida e mais 100 que estavam ilhadas também foram resgatadas.

Para acompanhar os desdobramentos da tragédia, ocorrida no início da tarde de sexta-feira, o governador Romeu Zema se deslocou para o município. A Mina Feijão pertence à mineradora Vale.

Dados fornecidos pela empresa e divulgados pelo governo mineiro apontam que havia 427 trabalhadores no local, dos quais cerca de 150 estão desaparecidos.

O presidente da Vale, Fábio Schvartsman, disse que não se sabe o que ocorreu . “Ainda é muito cedo para termos essa informação”. Segundo ele, a tragédia é mais humana do que ambiental.

Técnicos da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) trabalham para restabelecer a energia elétrica de aproximadamente 2 mil pessoas.

A estatal mineira diz que há cinco torres de iluminação para auxiliar os trabalhos de salvamento durante a madrugada. Por sua vez, a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) assegura que não há risco de desabastecimento de água na região metropolitana.

Via Agência Brasil

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Primeira montanha-russa em navio de cruzeiro

Publicado em 26 de janeiro de 2019, em Curiosidades

O setor de cruzeiros está crescendo e fabricantes de navios estão melhorando em atender exigências ainda mais complexas para impressionar passageiros.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A montanha-russa dos mares, BOLT (Carnival)

Três grandes empresas de navios de cruzeiro estão engajadas em uma “divertida corrida ao armamento”.

Publicidade

Na cada vez mais competitiva tarefa de atrair turistas, as empresas estão apostando em tudo, com atrações que você esperaria ver em um parque de diversões, mas não em uma embarcação.

O Symphony of the Seas da Royal Caribbean tem um toboágua de 10 metros de altura. O Bliss da Norwegian tem uma pista de kart de dois níveis.

Agora, a Carnival anunciou que em seu mais novo navio, o Mardi Gras – que estreará em 2020 e será o maior cruzeiro da linha – terá uma montanha-russa, a BOLT, com carrinhos que acomodam duas pessoas, inspirado em motocicletas que promete “níveis de aceleração comparáveis aos de uma corrida de carro”.

O setor de cruzeiros está crescendo e fabricantes de navios estão melhorando em atender exigências ainda mais complexas para impressionar passageiros.

A Carnival divulgou um vídeo feito em computador da “montanha-russa do mar”. Você encararia?

Fonte: Quartzy

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância