Policial penalizada por fazer bico em casa de prostituição

Descobriu-se que uma policial fazia bico em casa de prostituição e foi penalizada com corte de salário. Saiba mais.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Servia na Delegacia de Shimonoseki (JNN)

A imprensa descobriu e divulgou na quinta-feira (31) que uma policial foi penalizada por fazer bico em um prostíbulo, no final do ano passado.

Publicidade

Com data de 18 de dezembro, a policial de Yamaguchi, com idade inferior a 20 anos, servidora na Delegacia de Shimonoseki, recebeu uma ação disciplinar com redução de 1/10 do salário. Mas, no mesmo dia pediu para ser desligada da corporação.

Segundo investigações da polícia ela teria feito bicos em uma casa de prostituição em Fukuoka, província vizinha. No período de setembro a novembro teria obtido 80 mil ienes de renda extra.

A investigação foi aberta depois de uma denúncia. Questionada, teria dito “quis melhorar a renda”.

Por ter violado a lei do servidor público a Polícia da Província de Yamaguchi aplicou penalidade de acordo com as instruções da Agência Nacional de Polícia. Além disso, declarou que irá se empenhar no treinamento para evitar recorrência.

Fontes: Yomiuri e JNN

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Mais de 100 armas são encontradas em casa de homem que morreu há meses

Publicado em 31 de janeiro de 2019, em Sociedade

A descoberta ocorreu em dezembro quando a viúva do homem reportou à polícia que havia muitas armas na casa e que ela não sabia o que fazer com elas.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A descoberta ocorreu após a viúva do homem ter reportado para a polícia em dezembro que havia muitas armas na casa e que ela não sabia o que fazer com elas (ilustrativa/banco de imagens)

Mais de 100 armas foram encontradas em uma residência no distrito de Bunkyo (Tóquio) após seu residente, de aproximadamente 50 anos, ter morrido em decorrência de uma doença em julho de 2018, disse a polícia na quarta-feira (30).

Publicidade

A descoberta ocorreu após a viúva do homem ter reportado para a polícia em dezembro passado que havia muitas armas na casa e que ela não sabia o que fazer com elas.

A polícia fez uma busca na casa sob a suspeita de violação da lei de controle de armas. As autoridades estão agora examinando se as armas, assim como balas que também foram encontradas na residência, são reais e estão investigando como o homem as adquiriu.

A polícia acredita que o homem era um colecionador de armas sem vínculo com a máfia ou outro grupo antissocial.

Pistolas de ar e armas de brinquedo, junto com o que pareciam ser armas de verdade, foram encontradas pela polícia na casa dele.

O homem havia obtido permissão da Comissão Metropolitana de Segurança Pública de Tóquio para portar algumas das armas, incluindo um rifle, mas pode ter adquirido outras ilegalmente, disse a polícia.

Fonte: Jiji, Kyodo, Japan Times

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância