Governo planeja conduzir pesquisa com residentes estrangeiros

O Ministério da Justiça planeja conduzir o estudo em antecipação a um aumento no número de estrangeiros que moram no Japão.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Parte das preparações para aceitar mais trabalhadores do exterior com início em abril (imagem ilustrativa/banco de imagens)

O governo japonês conduzirá uma pesquisa nacional de residentes estrangeiros como parte das preparações para aceitar mais trabalhadores do exterior com início em abril.

Publicidade

O Ministério da Justiça planeja conduzir o estudo em antecipação a um aumento no número de estrangeiros que moram no Japão.

Um questionário será enviado a residentes estrangeiros no país perguntando o que causa problemas ou inconveniência em suas vidas diárias e se eles sofrem discriminação.

Oficiais do ministério planejam elaborar medidas de apoio para residentes estrangeiros enquanto considera os resultados desse estudo.

O ministério ainda não decidiu quando exatamente a pesquisa será conduzida e quantos estrangeiros serão convidados a participar.

Em 2016, uma pesquisa similar foi realizada pelo ministério em Tóquio, Osaka e outras cidades em resposta a problemas envolvendo discursos de ódio.

Fonte: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Casos de tuberculose aumentam entre estrangeiros que vêm de países asiáticos

Publicado em 23 de fevereiro de 2019, em Sociedade

Número de casos aumentou 40% levando à revisão de processo de vistos para países asiáticos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Os casos de TB entre os estrangeiros, principalmente de países asiáticos, aumentaram 40% nos cinco anos desde 2012 (ilustrativa/banco de imagens)

O Japão está se apressando para endereçar um aumento nos casos de tuberculose (TB) entre estrangeiros, incitando uma nova política que exige provas de não infecção de solicitantes de visto da China, Filipinas e de outros quatro países asiáticos com altas taxas da doença.

Publicidade

Os casos de TB entre os estrangeiros aumentaram 40% nos cinco anos desde 2012, com 1.530 pessoas adoecendo em 2017.

A alta corresponde a um aumento no número de residentes estrangeiros, que atingiu um recorde de cerca de 2,63 milhões no fim de junho do ano passado. A porcentagem de pacientes com TB no total da população também está em alta, atingindo 9% em 2017.

Um checkup para estagiários estrangeiros em uma fazenda na província de Kagawa em abril de 2018 revelou uma sombra branca em um raio-X de tórax de uma mulher de cerca de 20 anos de Laos.

Testes posteriores confirmaram o diagnóstico de TB pulmonar. Outras onze pessoas, a maioria colegas estagiários, também foram infectados com a bactéria da TB, com dois deles apresentando sintomas.

A mulher havia apresentado alguns sinais iniciais de TB quando estava em Laos, incluindo tosse, mas veio ao Japão em fevereiro de 2018. O centro de saúde da província de Kagawa iniciou o tratamento para ela e dois outros com TB ativa, enquanto decidem manter marcadores no grupo com TB latente por dois anos.

Uma escola de idiomas no distrito de Itabashi (Tóquio) vivenciou um surto maior. Um estudante de 19 anos, que estava com tosse persistente desde o fim de 2017, foi confirmado com TB em um checkup realizado em janeiro de 2018. Outros estudantes, assim como alguns professores, também foram infectados, trazendo o total para 54.

Para prevenir surtos do tipo, o Japão vai solicitar verificação antecipada para pessoas de seis nações asiáticas que têm altas taxas da infecção.

Aqueles que pretendem ficar por mais de três meses no Japão devem anexar uma observação do médico na solicitação do visto. Tóquio planeja introduzir as exigências no próximo ano fiscal, que inicia em abril.

Pessoas que chegam ao Japão vindas dessas nações contam por cerca de 80% dos estrangeiros que desenvolvem a doença, disse o ministério.

As leis de controle de fronteiras do Japão proíbem a entrada de pessoas com TB. Contudo, identificá-las é difícil porque os pacientes nos estágios iniciais da doença apresentam somente sintomas como os da gripe.

Em aeroportos, oficiais da quarentena usam câmeras termográficas para ver se algum viajante tem febre. “É um desafio detectar todas as pessoas com tuberculose ativa”, disse um oficial da quarentena.

O Japão registrou 16.789 novos casos de TB em 2017, com a taxa de infecção por 100 mil pessoas atingindo 13.3, um número relativamente alto dentre os países desenvolvidos. O país visa reduzir o número para 10 antes de 2020, quando sediará as Olimpíadas de Tóquio.

Fonte: Nikkei

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância