Três pessoas encontradas mortas dentro do carro, em Tochigi

A polícia vê o caso como suicídio coletivo. Três corpos foram encontrados dentro de um carro no estacionamento, perto de um local turístico.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Único porta-aviões da Rússia pega fogo; 1 morto e 2 desaparecidos

Publicado em 13 de dezembro de 2019, em Notícias do Mundo

O Admiral Kuznetsov, um porta-aviões do tipo ski-jump, é o maior navio de guerra da marinha russa e o único do país.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O Admiral Kuznetsov em 2012 (Wikimedia/Ministry of Defence)

Pelo menos uma pessoa morreu após o único porta-aviões da Rússia, o Admiral Kuznetsov, ter pegado fogo na manhã de quinta-feira (12) durante trabalhos de reparo no porto de Murmansk no Mar Ártico, de acordo com agências de notícias estatais russas.

Publicidade

Outras 10 pessoas ficaram feridas e duas estão desaparecidas, disse a agência estatal TASS.

O incêndio ocorreu enquanto soldadores estavam fazendo manutenção na primeira unidade de energia. Uma fumaça preta grossa foi vista do deck superior.

A área afetada pela fumaça e o fogo cobre 120 metros quadrados, disse a TASS.

O Admiral Kuznetsov, um porta-aviões do tipo ski-jump, é o maior navio de guerra da marinha russa e o único do país.

O navio de guerra realizou seu primeiro destacamento de combate no ano de 2016, no Mar Mediterrâneo, quando caças fizeram ataques na Síria.

Contudo, o porta-aviões apresentou problemas desde seu retorno à Rússia para manutenção.

Em outubro passado, um guindaste caiu sobre ele durante trabalhos de reparo, fazendo um buraco em sua plataforma.

O acidente ocorreu após uma interrupção no fornecimento de energia ter feito as bombas do dique seco flutuante, que estava mantendo o porta-aviões, falharem, causando o afundamento da estrutra.

O dique, conhecido como PD-50, era uma dos maiores dique secos flutuantes do mundo e o maior na Rússia, com 330 metros de comprimento e pesando mais de 80 mil toneladas.

Após a interrupção, o PD-50 ficou submerso rapidamente, fazendo com que dois guindastes caíssem sobre o deck da embarcação russa, deixando um buraco de 4 por 5 metros, disse a mídia estatal Sputnik.

Após esse acidente, oficiais russos disseram à mídia estatal que os danos não atrasariam reparos no Admiral Kuznetsov, que deveriam ser concluído até 2021.

O acidente do Kuznetsov é pelo menos o segundo incêndio mortal para a marinha russa neste ano.

Em julho, um incêndio a bordo de um submersível russo matou 14 membros da tripulação. Eles morreram por inalação de fumaça após o fogo ter surgido na embarcação, a qual realizava pesquisa em águas territoriais russas, de acordo com a TASS.

Posteriormente, a Rússia disse que detalhes do acidente eram “segredo de estado” e não divulgaram mais informações.

Fonte: CNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência