Vulcão mais ativo da Indonésia entra em erupção

O status de alerta do Merapi, que já está no terceiro nível mais alto devido a sua atividade em curso, não foi elevado.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O vulcão mais ativo da Indonésia entrou em erupção nesta terça-feira (3), lançando areia, material piroclástico e colunas massivas de fumaça e cinzas a uma altura de 6 mil metros ao céu.

A erupção do Monte Merapi na ilha principal de Java também liberou nuvens de gás abrasadoras 2Km abaixo de suas encostas, disse a Agência de Pesquisa de Geologia e Vulcanologia em seu site.

A agência disse que pessoas morando nas encostas férteis do Merapi foram avisadas a ficar a 3Km de distância da boca da cratera, visto que as cinzas deixaram a chuva grossa e turva em vários vilarejos.

Testemunhas disseram que o som pôde ser ouvido a 30Km de distância. A agência não elevou o status de alerta do Merapi, que já está no terceiro nível mais alto devido a sua atividade em curso.

A montanha de 2.968 metros de altura é a mais ativa dos 500 vulcões indonésios. O vulcão emite um som de alta intensidade e gera nuvens quentes escuras desde o ano passado. Sua última grande erupção em 2010 deixou 353 mortos.

A Indonésia, um arquipélago de 240 milhões de pessoas, é propensa a terremotos e atividade vulcânica porque fica no “Anel de Fogo” do Pacífico, uma série de falhas geológicas em forma de ferradura ao longo do oceano.

Fonte: Mainichi

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Vendas de carros novos têm queda no Japão

Publicado em 3 de março de 2020, em Sociedade

As vendas em desaceleração podem ser atribuídas ao novo coronavírus e efeitos persistentes do aumento do imposto sobre consumo.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Carros em concessionária (ilustrativa/PM)

As vendas de carros novos caíram 10.3% em fevereiro ante o ano anterior para 430.185 unidades pelo quinto mês consecutivo de declínio.

Publicidade

As vendas em desaceleração podem ser atribuídas ao novo coronavírus e efeitos persistentes do aumento do imposto sobre consumo em 1º de outubro de 2019, disseram na segunda-feira (2) a Associação de Comerciantes de Automóveis do Japão e da Associação de Veículos Leves e Motocicletas do Japão.

Alguns comerciantes viram um declínio nos números de clientes, já que muitas pessoas estão evitando sair de casa em meio a crescentes temores do Covid-19.

Todas as oito grandes montadoras registraram vendas mais baixas.

Cinco viram declínios de dois dígitos. A Mitsubishi Motors sofreu uma queda de 24.5%, enquanto a Nissan Motor registrou uma redução de 13.8%.

As vendas diminuíram 7% para a líder da indústria Toyota Motor.

Fonte: Japan Times

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância