Necessidade de termômetros: Omron aumenta produção em Mie

Com a pandemia do novo coronavírus aumentou sensivelmente a demanda por termômetro para medir a temperatura do corpo. Veja quanto produz por ano.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Modelo MC-687 que mede a temperatura em 15 segundos (Omron)

A Omron Health Care, com sede em Muko (Quioto), tem necessidade de aumentar mais 30% da produção de termômetros digitais para medir a temperatura do corpo, devido à alta demanda global por causa da pandemia do novo coronavírus.

Publicidade

Por isso, informou na terça-feira (19) que irá aumentar as linhas de produção da planta de Matsusaka (Mie), base no Japão.

Embora a Omron tenha uma planta em Dalian, na China, a escolhida para novas linhas de produção visando mais segurança, durabilidade, economia de trabalho e alta velocidade, foi a de Mie, porque atenderá à demanda interna. 

Deverão estrear em outubro deste ano e a meta é de produzir 3 milhões ao ano. Com isso a sua produção anual passará a ser de 13 milhões de unidades. 

Nessa planta deverá ser produzida em larga escala o MC-687, principal modelo de termômetro digital. 

Esse modelo é um termômetro capaz de medir a temperatura preditiva e a temperatura real em cerca de 15 segundos. É responsável por cerca de 40% do despacho anual de termômetros para o mercado interno.

A demanda por termômetros deve continuar por enquanto devido ao hábito das pessoas saudáveis, de fazer medições de temperatura diariamente por causa da disseminação da infecção. 

Um representante da empresa disse “existe um risco da próxima onda de infecção pelo novo coronavírus, e temos a responsabilidade social de fornecer quantidades suficientes como principal fabricante”.

A Omron Health Care é líder do segmento, com 60% da fatia do mercado interno, sendo que a Terumo está em segundo lugar. 

Fontes: Kyoto Shimbun, Nikkei e InternetCom

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Comunicados da prefeitura de Hamamatsu

Publicado em 20 de maio de 2020, em Tome Nota

A prefeitura de Hamamatsu comunica aos cidadãos que podem buscar ajuda no Centro Intercultural da cidade, com atendimento em 7 idiomas.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem ilustrativa (PM)

A prefeitura de Hamamatsu anunciou, esta semana, que irá reforçar a assistência aos estrangeiros com a ampliação do atendimento multilíngue no Centro Intercultural de Hamamatsu. Também irá promover aulas de língua japonesa gratuitas online no Centro de Apoio ao Estudo para Estrangeiros de Hamamatsu (U-ToC).

Publicidade

Ambos são administrados pela Fundação Internacional de Hamamatsu (HICE) e, a pedido da prefeitura, todas as dúvidas relacionadas ao Auxílio Extraordinário de Valor Fixo, inclusive o preenchimento, poderão ser feitos gratuitamente no Centro Intercultural.

Consultas sobre questões jurídicas, vistos e trabalho, também poderão ser feitas no centro, assim como cadastramento de famílias para o recebimento de cestas básicas.

Novo horário de atendimento multilíngue:

  • Português: diariamente das 9h às 17h
  • Espanhol: segunda, sexta-feira e domingo, das 13h às 17h

O Centro Intercultural fica a 10 minutos da estação JR Hamamatsu, no seguinte endereço: Hamamatsu-shi, Naka-ku, Hayauma-cho 2-1, Create Hamamatsu, 4.º andar. O número de telefone para contato é 053-458-2170.

Tabela de atendimento em diversos idiomas abaixo.

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância