Peste suína pela primeira vez em Kanagawa

O governo de Kanagawa informou que foi encontrada peste suína clássica pela primeira vez na província.

Imagem ilustrativa de javali silvestre (Public Domain Pictures)

Na segunda-feira (11) o governo da província de Kanagawa informou que foi detectado o vírus da peste suína clássica em um javali silvestre, encontrado morto em uma montanha na cidade de Sagamihara.

Publicidade

Esse foi o primeiro caso dessa doença, seja em suíno ou javali.

Segundo a informação, um morador comunicou o caso no dia 9, dizendo ter encontrado uma carcaça nas montanhas em Sanogawa, Midori-ku, na cidade de Sagamihara, na divisa com a província de Yamanashi.

Era um javali macho, com cerca de um metro de comprimento. Foram realizados testes, tanto pela província quanto pelo país, cujo resultado foi a infecção.

O governo realizou uma reunião de contramedidas de gerenciamento de crises na noite de segunda-feira. Decidiu-se que além de inspecionar os javalis em um raio de 10 quilômetros do local onde a carcaça foi encontrada, também o fará nos criadouros de suínos das proximidades.

A área onde o animal foi encontrado foi desinfectada. O governo confirmou uma política de fortalecimento da vigilância nos locais de criação dos porcos, além de introduzir ração com vacina aos javalis.

Este ano foi confirmado caso de peste suína em Okinawa, em uma fazenda na cidade de Uruma. Por conta disso cerca de 12 mil cabeças dos criadouros de Uruma e da cidade de Okinawa foram abatidas.

Fontes: Sankei e Nikkei

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Nova Iorque pode ter mais 5.000 mortes por coronavírus do que o registrado

Publicado em 12 de maio de 2020, em Notícias do Mundo

Autoridades suspeitam que, além das 19 mil mortes confirmadas até 2 de maio, há a possibilidade de ter mais 5.000 não contabilizadas.

Ruas da Times Square em Nova Iorque vazias após surto do coronavírus (CNBC)

Autoridades dos EUA identificam que 5.000 fatalidades na cidade de Nova Iorque entre março e início de maio podem ter sido causadas pelo Covid-19, mas não foram contadas como parte do número oficial de mortes por coronavírus, segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC).

Publicidade

A cidade de Nova Iorque registrou um total de 18.879 mortes pelo Covid-19 entre 11 de março e 2 de maio. Segundo um novo relatório do CDC, 13.831 foram mortes confirmadas em laboratórios, e 5.048 foram catalogados como casos prováveis baseados nos sintomas dos pacientes e outros fatores.

Entretanto, o CDC alegou que há um número adicional de 5.293 mortes que não foram confirmadas ou “associadas diretamente ou indiretamente à pandemia”.

O número de casos confirmados ou suspeitos pode não incluir as mortes entre pessoas que “não tiveram acesso aos diagnósticos, foram testadas como falso negativos ou foram infectadas após testarem negativo, assim como quem morreu sem assistência médica e casos em que profissionais da saúde negam a suspeita de Covid-19”, disse o CDC.

Nova Iorque é o epicentro da pandemia nos EUA, com mais de 330 mil casos confirmados. As autoridades dos EUA sugerem que o verdadeiro número de casos de contaminações e mortes pode ser muito maior já que algumas pessoas infectadas não apresentam sintomas.

Fonte: CNBC

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - faça remessas com segurança!
Kumon - aprenda japonês e tenha mais oportunidades!