Enfermeiro testa positivo mais de 1 semana após receber 1ª dose de vacina da Pfizer

O enfermeiro na Califórnia testou positivo para Covid-19 mais de uma semana após receber dose de vacina da Pfizer.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Vacina contra Covid-19 foi desenvolvida pela Pfizer e BioNTech (banco de imagens PM)

Um enfermeiro de 45 anos na Califórnia, nos EUA, testou positivo n para Covid-19 mais de 1 semana após receber primeira dose de vacina da Pfizer, de acordo com reportagem de uma afiliada da rede ABC News na terça-feira (29).

Publicidade

Mathew W., enfermeiro em dois hospitais locais, escreveu em um post no Facebook em 18 de dezembro que ele havia recebido a vacina da Pfizer, dizendo à afiliada da rede ABC News que seu braço ficou dolorido por um dia, mas que ele não havia sofrido outros efeitos colaterais.

Seis dias depois, na véspera de Natal, ele adoeceu após trabalhar um turno na unidade de Covid-19, acrescentou a reportagem. Ele sentiu calafrios e depois ficou com dores musculares e fadiga.

Ele foi a um hospital e testou positivo para Covid-19 após o Natal, de acordo com a reportagem.

O Dr. Christian Ramers, especialista em doenças infecciosas junto ao Centro de Saúde da Família de San Diego, disse que esse cenário não era inesperado.

“Sabemos a partir de ensaios clínicos da vacina que levará cerca de 10 a 14 dias para você começar a desenvolver proteção”, disse o Dr. Ramers.

“Essa primeira dose acreditamos que ofereça cerca de 50% e você precisa da segunda dose para aumentar a 95%”, disse Ramers.

 Fonte: Straits Times

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

--

Vacina da AstraZeneca é aprovada no Reino Unido

Publicado em 31 de dezembro de 2020, em Notícias do Mundo

A vacina da AstraZeneca foi aprovada pelo governo britânico e as vacinações já começarão no dia 4 de janeiro.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem Ilustrativa

O governo britânico anunciou que a vacina produzida pela AstraZeneca e Universidade de Oxford foi aprovada. As vacinações começarão no dia 4 de janeiro no Reino Unido.

Publicidade

A prioridade da vacinação será aos prestadores de serviços de saúde, idosos com mais de 80 anos, funcionários e moradores de asilos.

Esta vacina pode ser mantida em temperatura entre 2 a 8°C por meio ano, o que a torna mais fácil de armazenar do que a vacina da americana Pfizer, além de ser mais barata. Cada aplicação da vacina, em conversão para o iene, custa em média de ¥300 a ¥500, sendo 4 vezes mais barata do que a da Pfizer.

O Reino Unido está enfrentando a propagação das variantes da Covid-19. O número de casos por dia ultrapassou a marca dos 50 mil.

O governo japonês tem um contrato com a AstraZeneca de fornecimento de vacinas para 60 milhões de cidadãos. Com a aprovação da vacina no Reino Unido, estima-se que o Japão as receberá brevemente.

Esta vacina mostrou uma eficácia de 90% em doses aplicadas 2 vezes após intervalo de alguns dias entre as aplicações. Análises dos testes mostram que a vacina é segura e os pacientes testados mostraram apenas sintomas ou alergias leves, como dor na região da aplicação, dor de cabeça e leve mal-estar.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
ISA - Empregos no Japão
UniFCV Japão - Educação a distância
Uninter - JAPÃO - Educação a distância